0
Logo do Botafogo
Foto: terra

Botafogo

Só com jogos decisivos à frente, pontas do Botafogo buscam melhorar

Titulares e reservas precisarão se provar em jogos eliminatórios ou do Campeonato Brasileiro. Rendimento dos postulantes precisa ser melhor para afastar até improvisações

18 mar 2018
08h03
atualizado às 08h18
  • separator
  • comentários

Ezequiel, Rodrigo Pimpão, Luiz Fernando e Leandro Carvalho. Já que Pachu não tem chances e Aguirre se diz centroavante, os quatro primeiros elencados acima são as opções de ataque do Botafogo para os lados do campo para a temporada. A torcida parece ter esperança de um desempenho melhor, mas ele precisa acontecer logo, até porque não há mais partidas "menos importantes" para testes no Glorioso daqui para frente.

Pimpão até melhorou e afastou as criticas, mas tem apenas dois gols na temporada (Vítor Silva/SSPress/Botafogo)
Pimpão até melhorou e afastou as criticas, mas tem apenas dois gols na temporada (Vítor Silva/SSPress/Botafogo)
Foto: LANCE!

O clássico deste domingo é decisivo, e dali para frente só há a Copa Sul-Americana, eliminatória, em um mês, e o Campeonato Brasileiro. Além, obviamente, dos duelos pelos mata-mata da Taça Rio e do Estadual. Os responsáveis pelas pontas precisarão se provar na prática, à vera.

A necessidade é tanta que jogadores normalmente responsáveis pela criação pela faixa central são cotados para outras funções. A experiência de Valencia contra o Volta Redonda é o maior exemplo, pode ser vista novamente neste domingo, mas Renatinho, que se recupera de lesão, também pode atuar aberto. O técnico Alberto Valentim prega o trabalho pela evolução.

- Nós demos apenas uma folga quando tivemos uma semana cheia, os jogadores entenderam bem isso. Eles sabem disso aqui, a gente cobra sempre uma pegada mais forte. O perfil aqui é de trabalhador, muito bom para exigir. O nível de atenção é muito bom - exalta.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade