PUBLICIDADE

Sampaio Corrêa fecha a Série B vencendo o Oeste no Maranhão

Triunfo da Bolívia Querida veio em partida com alto volume de oportunidades onde uma delas foi capitalizada por Marcinho

29 jan 2021 18h57
| atualizado às 19h25
ver comentários
Publicidade

O acesso para a elite do futebol nacional não veio, mas o Sampaio Corrêa encerrou sua participação na Série B de 2020 deixando boas impressões. Diante do Oeste jogando no Castelão, em São Luis, o Paio venceu por 1 a 0 e se colocou (ao menos temporariamente) na quinta posição com 57 pontos. Já o time paulista, que entrou na rodada rebaixado, fecha a melancólica campanha em último lugar com 29 unidades.

Partida apresentou boas chances de gol para os dois lados (Reprodução/Premiere)
Partida apresentou boas chances de gol para os dois lados (Reprodução/Premiere)
Foto: Lance!

JOGO BEM ABERTO

Mesmo não tendo mais objetivos concretos na competição, o fato de terem escalado nomes com menos rodagem ao longo da última temporada parece ter dado uma considerável "oxigenada" na partida. Seja na questão da disposição como também nas oportunidades de absoluta que foram criadas tanto pelos maranhenses como pelos paulistas.

Até os 20 minutos de partida, foram pelo menos quatro momentos de chance clara do primeiro tento sair na cidade de São Luis. Wellinton tentou em chute potente de fora da área com mais agudeza pelo Rubrão enquanto Marcinho, de falta, e Mailson (por duas vezes) foram os protagonistas das melhores finalizações do Paio na etapa inicial.

FALTAVA MIRA ATÉ QUE...

O confronto chegou na etapa complementar em ritmo bem semelhante ao que já havia apresentado os 45 minutos iniciais. Seja na produtividade dos sistemas ofensivos bem como no fato de que os atacantes pareciam simplesmente não conseguir tirar o zero do marcador.

A tônica seguiu assim até os 14 minutos quando o oportunismo do meia Marcinho fez a diferença. Depois de chute forte espalmado pelo goleiro Glauco, o camisa 10 do Paio foi absolutamente frio para driblar o arqueiro adversário e tocar para a meta vazia.

CABIA MAIS

Assim como já havia acontecido também no primeiro tempo, a manutenção da posse de bola e intensa movimentação do time do Maranhão começou a demonstrar um claro domínio da Bolívia Querida. Enquanto isso, o time de Barueri tentava mais se defender com as linhas retraídas do que apostar nos contra-ataques de espaços deixados pelo oponente em panorama onde o placar na cidade de São Luis só não aumentou porque, além das finalizações fora do alvo, o goleiro Glauco também trabalhou bem para evitar o segundo gol dos anfitriões.

O INÍCIO DA TEMPORADA 2021

Com o término agora oficial do calendário válido por 2020 para as duas equipes, as atenções se voltarão para os torneios estaduais. Enquanto o Sampaio Corrêa volta a campo dia 14 de fevereiro enfrentando o Bacabal pelo Maranhense 2021, o Oeste jogará no dia 28 de fevereiro diante do São Bernardo pelo A2 do Paulistão.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA 1 x 0 OESTE - 38ª RODADA DA SÉRIE B

Estádio: Castelão, em São Luis (MA)

Data e horário: 29 de janeiro de 2021, às 17h

Árbitro: Rodrigo da Fonseca Silva (CBF-MT)

Assistentes: Marcelo Grando (CBF-MT) e Renan Antonio Ângelo Rodrigues (CBF-MT)

Gramado: Bom

Cartões amarelos: Allan (SAM)

GOL: Marcinho (14'/2°T) (1-0)

SAMPAIO CORRÊA (Técnico: Léo Condé)

Gustavo; Luis Gustavo (Roni, no intervalo), Joécio (Lucão, aos 18'/2°T), Allan e Joazi; André Luiz (Ferreira, aos 22'/2°T), Vinícius Kiss e Marcinho (Gustavo Ramos, aos 37'/2°T); Pimentinha, Mailson e Roney (Dione, no intervalo).

OESTE (Técnico: Roberto Cavalo)

Glauco; Índio, Maurício Barbosa, Douglão e Raí Ramos; Bruno Miguel, Léo Ceará e Diogo (Ramon, aos 18'/2°T); Welliton (De Paula, aos 18'/2°T), Kalil (Kauã, aos 41'/2°T) e Tite (Luanderson, aos 18'/2°T).

Lance!
Publicidade
Publicidade