0

Rodrigo Santana é apresentado no Coritiba e fala que encontrou 'ambiente muito bom'

Treinador chegou em substituição a Jorginho com a missão de tirar o Coxa Branca da parte baixa na tabela para evitar o rebaixamento no ano de retorno à elite

3 nov 2020
18h49
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Depois da saída do técnico Jorginho e da contratação na última semana do técnico Rodrigo Santana, o profissional de 38 anos de idade foi apresentado em coletiva nessa terça-feira (3).

Divulgação/Coritiba
Divulgação/Coritiba
Foto: Lance!

Quem esteve também presente na entrevista de apresentação do novo treinador foi o presidente do Coxa, Samir Namur, que tratou de dar as boas vindas ao novo comandante da equipe e também desmentir a informação de que, antes de Rodrigo, outros sete profissionais teriam se negado a assumir o clube do Alto da Glória:

- Quero dar as boas vindas ao Rodrigo, que é um profissional em que colocamos toda a nossa confiança de que vai fazer um bom trabalho nesse segundo turno de Brasilero e por que não um trabalho de longo prazo no Coritiba. Ele tem todos os atributos pra isso, experiência na série A, já fez um bom trabalho no Atlético-MG, tem conhecimento, características de um treinador moderno, a juventude que vai dar muita força ao trabalho dele.

- Não é verdade. Não foi o que aconteceu. Nós da diretoria tínhamos uma ideia inicial de trazer o Mozart novamente. Ele é um profissional de muita competência e conhece melhor que ninguém nosso elenco. Ele disse que não queria sair do CSA. Não fizemos proposta para nenhum outro nome. Fizemos entrevistas com técnicos e escolhemos o Rodrigo - acrescentou o presidente do Coritiba.

Nas suas primeiras considerações sobre o ambiente do plantel além de questões relacionadas a estrutura que o clube proporciona, a avaliação de Rodrigo Santana em sua primeira incursão no futebol paranaense foi positiva:

- Eu encontrei um ambiente muito bom, o grupo está bem centrado, fechado, motivado, todos nos receberam de braços abertos, todos unidos no sentido de a que a equipe precisa somar pontos, uma estrutura muito boa, eu não conhecia o CT, nos dá condições de fazer um bom trabalho, um elenco que está querendo, que consegue colocar uma intensidade muito boa nos treinos, uma comunicação muito boa entre os jogadores.

Veja também:

Veja os clubes tradicionais do Brasil que não estão nas Séries A e B
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade