PUBLICIDADE

Revista francesa detona Neymar: "Nunca vai amadurecer"

Camisa 10 do Paris Saint-Germain recebeu o segundo amarelo após empurrar o adversário com bola parada

4 abr 2021 12h54
| atualizado às 13h02
ver comentários
Publicidade

Após ser expulso por empurrar Djaló e continuar brigando com o zagueiro no vestiário, Neymar foi duramente criticado pela revista francesa "France Football". Na publicação, o brasileiro foi taxado como imaturo.

Neymar foi expulso em primeiro jogo depois de um mês
Neymar foi expulso em primeiro jogo depois de um mês
Foto: Benoit Tessier / Reuters

"Quando vimos Neymar empurrar Tiago Djaló nos acréscimos do jogo contra o Lille, não queríamos acreditar na cena. Não era possível que isso estivesse acontecendo de novo. Com seu passado, suas três expulsões no Francês desde que chegou ao PSG, será que Neymar já não sabia que os adversários vão sempre tentar irritá-lo para tirá-lo dos jogos? Será que Neymar não conseguiria evitar levar um 2º cartão amarelo ao não se irritar com um jogador que - sejamos sinceros - só queria gastar alguns segundos de jogo no final da partida? E, ainda assim, Neymar fez de novo", diz a publicação.

"E depois, quando o camisa 10 do PSG continuou seu festival ridículo com a briga no túnel dos vestiários do Parque dos Príncipes, ficamos nos perguntando até onde iria esse exagero. No fim das contas, já é de se imaginar que, apesar de toda a sua experiência e de todo o seu talento, Neymar nunca vai amadurecer e nunca vai conseguir ficar focado apenas no campo, apenas no jogo, e em nada mais".

A revista ainda questiona se Neymar está no patamar de outros jogadores como Messi e Cristiano Ronaldo.

"A expulsão de Neymar só comprovou que o brasileiro não consegue atender as grandes expectativas que são criadas sobre ele. Ao não querer crescer, será que o ex-Barcelona agora está declinando no grupo dos craques? Esperava-se que Neymar fosse suceder Cristiano Ronaldo e Messi na hierarquia do futebol mundial. No entanto, ele nunca ganhou uma Bola de Ouro, não ganha a Champions desde 2015, ainda não participou de uma semifinal de Copa do Mundo e obviamente ainda é frágil. É inegável que ele está no top 3 de jogadores mais técnicos do planeta, mas e os resultados?".

Lance!
Publicidade
Publicidade