0
Logo do São Paulo
Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

São Paulo

Raí vê Choque-Rei como pior jogo do São Paulo, mas promete reação

Diretor de futebol do São Paulo admite que o time vem caindo de rendimento há algumas partidas e classifica a atuação contra o Palmeiras como 'bem abaixo da média'

6 out 2018
21h36
atualizado às 21h38
  • separator
  • comentários

O São Paulo já vinha caindo de rendimento nas últimas partidas, mas foi ainda pior contra o Palmeiras. Essa é a análise de Raí, diretor de futebol do Tricolor, após a derrota por 2 a 0 para o rival no Morumbi.

Raí falou com a imprensa após a derrota no Morumbi - FOTO: Divulgação/São Paulo FC
Raí falou com a imprensa após a derrota no Morumbi - FOTO: Divulgação/São Paulo FC
Foto: LANCE!

- O São Paulo caiu nos últimos jogos. E esse acho que foi atípico. Não foi só jogar mal. O time não reagiu. Nos outros jogos em que a gente caiu de produção, o time reagiu e até merecia ganhar. Merecíamos ganhar aqui com o América-MG mesmo não jogando tão bem, contra o Botafogo tivemos chances de ganhar. Acho que hoje foi o jogo em que o time realmente esteve bem abaixo da média do Brasileirão. Mas a gente fez muita coisa boa até aqui. Temos um grupo ótimo, uma comissão que sabe trabalhar. É fazer uma auto-análise e reagir rápido. A gente tem que se manter ali no grupo de elite - disse o dirigente, que bateu muito na tecla da "auto-crítica":

- Temos que fazer uma auto-crítica e reagir, reagir rápido. O São Paulo ainda está a quatro pontos do líder, o que a gente fez até aqui tem muito mérito, mas tem que saber o momento de fazer auto-crítica, análise. O grupo, o time, a comissão técnica. Temos que saber reagir.Raí agradeceu ao torcedor são-paulino, que foi novamente em peso ao estádio (quase 57 mil pagantes) e prometeu que a reação virá. A próxima partida do Tricolor será contra o Internacional, que tem os mesmos 52 pontos, no Beira-Rio. O líder Palmeiras tem quatro pontos a mais.

- Temos um grupo maduro, que sabe lidar com o momento difícil e tenho certeza que vai reagir. Quero agradecer a torcida, que compareceu em massa mais uma vez, e garantir para ela que esse time vai reagir - emendou o ídolo, antes de tentar explicar os motivos da queda de produção:

- Uma coisa óbvia é que o São Paulo ficou muito visado. Tivemos vários desfalques também. Junta-se as duas coisas. Os times vêm conhecendo melhor o São Paulo, além dos desfalques. Acho que são os motivos maiores. Os jogadores que estavam fora estão voltando e vamos trabalhar para sair disso.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade