1 evento ao vivo

Rafaela Silva é prata na abertura do Grand Prix de Tbilisi

Judô brasileiro também levou dois bronzes no primeiro dia da competição na Geórgia com Nathália Brigida e Larissa Pimenta

29 mar 2019
16h18
atualizado às 16h42
  • separator
  • 0
  • comentários

A brasileira Rafaela Silva conquistou a medalha de prata no Grand Prix de Tbilisi, Geórgia, nesta sexta (29). Além dela, Nathália Brigida e Larissa Pimenta também foram ao pódio e colocaram a medalha de bronze no peito. A competição continua neste sábado (30) e domingo (31), com transmissão ao vivo do bloco final a partir das 10h.

A seleção brasileira de judô começou sua participação no Grand Prix de Tbilisi, na Geórgia, com a prata da campeã olímpica Rafaela Silva na categoria - 57kg. Larissa Pimenta e Nathalia Brígida também subiram ao pódio no primeiro dia de competição. Elas foram bronzes, nas categorias -52kg e -48kg, respectivamente.

Sétima colocada no ranking mundial, Rafaela venceu duas lutas por ippon e uma por waza-ari, na fase classificatória. Ela perdeu o duelo pelo ouro para Nora Gjakova, do Kosovo.

Brasil subiu ao pódio três no primeiro dia de competição na Geórgia (Foto: Divulgação/CBJ)
Brasil subiu ao pódio três no primeiro dia de competição na Geórgia (Foto: Divulgação/CBJ)
Foto: LANCE!

"Eu estou muito feliz com o resultado, é a terceira vez que venho para a Geórgia e nas três eu fiz final. Estou muito feliz com as competições que já fiz em 2019. Acho que eu senti um pouco a falta de ritmo na final, porque como todo mundo que tem me acompanhado sabe, eu lesionei o joelho, estava mais fazendo fisioterapia, tentando aprimorar a parte física. Mas estou feliz com meu desempenho e sei que tenho muito a crescer", disse Rafaela.

Com a medalha na Geórgia, a campeã olímpica já soma três pratas em 2019, em cinco torneios disputados. As outras foram no aberto europeu de Oberwart e no Grand Slam de Dusseldorf. A conquista desta sexta rendeu mais 490 pontos no ranking mundial, critério para classificação aos Jogos de Tóquio 2020.

Nathália Brigida e Larissa Pimenta

Larissa Pimenta (52kg) e Nathália Brigida (48kg) venceram até as quartas-de-final. Na repescagem as duas se recuperaram e seguiram para a disputa do bronze. Nathália superou Khorloodo Bishrelt, da Mongólia e enquanto Brigida passou por Eva Csernoviczki, da Hungria. Com o resultado, ambas somaram 350 pontos no ranking mundial.

Nathalia Brígida chegou ao terceiro pódio no ano(GP de Dusseldorf e GS de Tel Aviv, além do GP de Tbilisi) em seis torneios e Larissa conquistou seu quarto pódio na temporada, o primeiro em Grand Prix.

Outros brasileiros

Felipe Kitadai (60kg) chegou muito perto da disputa pelo bronze, mas caiu na repescagem depois de um bom início em Tbilisi. Ele foi derrotado pelos georgianos. Lukhumi Chkhvimiani e Jaba Papinashvili, terminando em sétimo lugar.

Na mesma categoria, Phelipe Pelim parou na primeira luta diante do russo Yago Abuladze. Mesmo desempenho de Charles Chibana (66kg), derrotado na estreia por Ismayil Ibrahimov, do Azerbaijão.

Neste sábado, mais brasileiros entram no tatame em Tbilisi: Marcelo Contini (73kg), Eduardo Barbosa (73kg) e Maria Portela (70kg). No domingo, encerram a participação brasileira Rafael Macedo (90kg), Rafael Buzacarini (100kg) e Beatriz Souza (+78kg). As preliminares são às 5h (de Brasília), e as finais, às 10h.

Veja também:

A estratégia de galeria italiana para reaver quadro roubado por nazistas

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade