2 eventos ao vivo

Peres prioriza compra de Pablo Pérez e explica situação de Ruiz no Santos

De acordo com presidente, Boca Juniors não deve dificultar a saída do volante de 33 anos depois da contratação, ainda não anunciada, de Campuzano para a posição: 'Vamos trazer'

13 jan 2019
21h09
  • separator
  • 1
  • comentários

Neste momento, a prioridade do Santos é a contratação de um volante. De acordo com o presidente José Carlos Peres, "não será difícil" tirar o meia Pablo Pérez do Boca Juniors. O jogador de 33 anos deve sair do clube argentino por 1,5 milhão de dólares (R$ 5,5 milhões). O dirigente tem pressa para contratá-lo e acredita que o Boca não fará jogo duro após comprar Jorman Campuzano, do Atlético Nacional, da Colômbia. Um lateral-esquerdo também está nos planos.

José Carlos Peres pretende contratar Pablo Pérez nos próximos dias: 'Não vai ser difícil' (Foto: Ivan Storti/Santos)
José Carlos Peres pretende contratar Pablo Pérez nos próximos dias: 'Não vai ser difícil' (Foto: Ivan Storti/Santos)
Foto: Lance!

- O Santos é um clube formador e vendedor, mas agora nós estamos contratando. Queremos um volante e o lateral-esquerdo neste momento. Não vamos contratar às pencas. Somos um clube em recuperação financeira e não podemos demonstrar irresponsabilidade. Nesta semana, mais dois reforços devem chegar. Acredito que não vamos ter dificuldade em trazer Pérez, pois o Boca comprou um volante colombiano que custou caro. É esse o volante deles agora (Campuzano) - ponderou o presidente, durante zona mista neste domingo, na Arena, em Itaquera.
O presidente também aproveitou para esclarecer a situação de Bryan Ruiz. O costarriquenho pediu para rescindir o contrato com o Santos de maneira amigável, mas não deve ser atendido. O Peixe topa negociá-lo, mas espera que o jogador arranje um clube que ressarça o Alvinegro com algum valor.

- O Bryan Ruiz não é uma decepção. Ele entende que precisa de oportunidade e nós temos que respeitar o comandante (Sampaoli). E já aceitamos que ele vai sair. Se o jogador não quer ficar, não temos como segurar. Ele e o empresário deverão achar um clube para que o Santos possa liberá-lo - seguiu o mandatário.

Lance!
  • separator
  • 1
  • comentários
publicidade