0

Para manter sobriedade financeira, Grêmio é cauteloso sobre Thiago Neves

Clube tem se notabilizado nos últimos anos por investimentos certeiros sem oferecer salários ou quantias astronômicas em seus reforços

9 dez 2018
14h57
atualizado às 15h21
  • separator
  • 3
  • comentários

Uma coisa é certa: O Grêmio tem bastante interesse em contar no seu elenco com o meia Thiago Neves, ainda mais pelo fato de que foi no comando de Renato Portaluppi que o atleta, ainda no Fluminense, viveu uma das fases mais goleadoras e destacadas de sua carreira.

Marcello Zambrana/AGIF
Marcello Zambrana/AGIF
Foto: Lance!

Contudo, se isso significar o envolvimento do clube gaúcho em uma espécie de "leilão" ou mesmo a pagar quantias gigantescas, a administração do presidente Romildo Bolzan já afirma que não fará contratações que sacrifiquem a saúde financeira do Tricolor.
- O perfil de estratégia traçado pelo Grêmio até permite uma situação ou outra, mas nós criamos crédito. Os negócios que há hoje são aqueles que podemos trabalhar no curso do prazo do contrato. Se não tiver que desembolsar valores para aquisição dos direitos econômicos, nos ajuda bastante. Não vai ter absolutamente nada que seja fora da curva - garantiu Romildo logo depois da última rodada do Campeonato Brasileiro.

Nesse momento, apesar do interesse, com essa postura de negociação fica difícil achar um processo de entendimento. Isso porque a multa rescisória de Thiago com o Cruzeiro é de 10 milhões de euros (quase R$ 45 milhões) é "fora da realidade" para os padrões estabelecidos pelo Grêmio.

Com a provável saída de Douglas e prevendo possíveis perdas em 2019, o clube gaúcho vem tentando encontrar soluções para o setor de criação mesmo dispondo um menor orçamento a ser investido.

Lance!
  • separator
  • 3
  • comentários
publicidade