0

Palmeiras acerta com Bruno Henrique e renova até 2023

Meio-campista tinha proposta do Tianjin Teda, da China, mas foi valorizado e vai ficar no Verdão.

1 fev 2019
17h28
atualizado às 17h44
  • separator
  • 0
  • comentários

Bruno Henrique não aceitou a oferta do Tianjin Teda, da China, e renovou seu contrato com o Palmeiras até 2023. O martelo foi batido há pouco, em reunião na Academia de Futebol com o jogador, Bruno Paiva, seu empresário, e o diretor de futebol Alexandre Mattos.

Bruno Paiva, Bruno Henrique e Alexandre Mattos após a renovação com o Palmeiras (Foto: Divulgação)
Bruno Paiva, Bruno Henrique e Alexandre Mattos após a renovação com o Palmeiras (Foto: Divulgação)
Foto: Lance!

A equipe asiática estava disposta a pagar a multa rescisória de 6 milhões de euros (R$ 25 milhões), e ainda ofereceu salário de R$ 1,7 milhão por mês ao jogador. O Verdão, contudo, considerava necessária a permanência do capitão no título brasileiro e nos últimos três dias trabalhou pela renovação.

- O Palmeiras me abriu as portas em 2017, me acolheu super bem, sempre me deu o melhor para trabalhar. Me sinto muito em casa aqui e, por isso, optei por renovar. O projeto do clube é grandioso e quero fazer parte. Erguer a taça do Brasileirão ano passado foi algo indescritível e quero repetir isso muitas outras vezes - disse Bruno, ao site do clube.

- Novamente o Avanti foi decisivo para consolidarmos mais uma permanência de um jogador fundamental no elenco. A contribuição do torcedor palmeirense deixa o clube cada vez mais forte e competitivo em todas as frentes - acrescentou o presidente Maurício Galiotte.

Com a definição, Bruno Henrique deve ser titular no clássico deste sábado, às 17h, no Allianz Parque, contra o Corinthians.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade