0

No golden score, Brasil fatura dois ouros no 1º dia de judô

Renan Torres (até 60kg) e Larissa Pimenta (até 52kg) começam campanha brasileira no Pan-Americano com o pé direito

8 ago 2019
20h59
atualizado às 23h34
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Como reza a tradição, o Brasil ganhou medalha de ouro no primeiro dia de judô nos Jogos Pan-Americanos. Nesta quinta-feira, em Lima, Renan Torres e Larissa Pimenta subiram ao lugar mais alto do pódio após vencerem as categorias até 60kg e até 52 kg, respectivamente.

Renan Torres derrotou o equatoriano Lenin Preciado no golden score, vencendo a luta após aplicar um waza-ari no então atual campeão da competição.

Renan Torres derrotou o equatoriano Lenin Preciado (Washington Alves/COB)
Renan Torres derrotou o equatoriano Lenin Preciado (Washington Alves/COB)
Foto: LANCE!

"Não caiu a ficha ainda. Eu estava bem preparado. Estava bem nervoso por ser Jogos, diferente. Mas minha cabeça estava preparada. Era um adversário duro, estudei bastante ele. Estudei bastante. Foi uma luta dura. É uma emoção diferente. Estou começando minha trajetória nos Jogos Pan-Americanos. É diferente para mim. É muito gratificante. Estou orgulhoso de mim", comentou Renan, ao Sportv.

Renan já começou nas quartas de final, quando derrotou o americano Adonis Diaz. Na fase seguinte, passou por cima do cubano Roberto Almenares.

Já Larissa Pimenta enfrentou a mexicana Lua Olvera na decisão, e venceu no golden score com um shido. Aos 20 anos, esse é o primeiro título pan-americano de Pimentinha, que saiu emocionada do tatame. "É difícil descrever essa sensação. Estou muito feliz por ter chegado aqui. Essa medalha é importante para minha carreira. Eu conquistei um sonho. Quero agradecer toda a torcida, todo apoio que eu tive. É isso", disse Larisa ao SporTV.

Quarto lugar para Larissa Farias

Larissa Farias (-48kg) substitui Nathalia Brígida, com uma lesão nas costas, mas caiu na disputa pelo bronze para a chilena Mary Dee Vargas, com um waza-ari.

O Judô do Brasil 13 vezes do Pan e já ganhou 127 medalhas (incluindo as duas desta quinta-feira): 38 ouros, 35 pratas e 54 bronzes conquistados por atletas nacionais desde a edição de São Paulo, em 1963. Nesta edição, o Brasil conta com 13 atletas, a maioria jovem, assim como Larissa e Renan (que têm 20 anos). Campeã olímpica em 2016, Rafaela Silva estreia nesta sexta-feira na categoria -57kg.

A Seleção conta ainda com Aléxia Castilhos (63kg), Ellen Santana (70kg), a bicampeã mundial Mayra Aguiar (78kg) e Beatriz Souza (+78kg), Daniel Cargnin (66kg), Jeferson Santos Júnior (73kg), Eduardo Yudy Santos (81kg), Rafael Macedo (90kg) e o campeão de Toronto 2015, David Moura (+100kg).

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade