1 evento ao vivo

Neymar recebe milhões se não criticar técnico, diz programa

Documentos do 'Football Leaks', divulgados pela 'Envoyé spécial', revelam os bônus de comportamentos destinados aos jogadores do PSG

9 nov 2018
10h25
atualizado às 11h11
  • separator
  • comentários

Os documentos da "Football Leaks" continuam revelando detalhes dos contratos do PSG. Dessa vez, o programa francês "Envoyé spécial" fez revelações sobre os ganhos de Neymar. Desde que foi vendido para proprietários do Catar, o clube parisiense estabeleceu bônus financeiros relativos a comportamento. Neymar teria direito a receber 375 mil euros (R$ 1,59 milhões), por ano, para saudar a torcida antes e depois das partidas. Além de 2,5 milhões de euros (R$ 10,65 milhões) para não criticar o técnico da equipe.

Neymar teria direito a receber R$ 1,59 milhões, por ano, para saudar a torcida antes e depois das partidas e R$ 10,65 milhões para não criticar o técnico da equipe
Neymar teria direito a receber R$ 1,59 milhões, por ano, para saudar a torcida antes e depois das partidas e R$ 10,65 milhões para não criticar o técnico da equipe
Foto: FRANCK FIFE / AFP / LANCE!

Outros jogadores da equipe também "participam" dessa premiação, mas com valores menores. Thiago Silva, por exemplo, recebe 33 mil euros (R$ 140,5 mil) para saudar a torcida, valor muito inferior ao de Neymar. Mbappé receberia cerca de 117 mil euros (R$ 500 mil), enquanto Daniel Alves, Di Maria e Cavani, 70 mil euros (R$ 299 mil).

Os documentos atestam também que Neymar receberia cerca de 2 milhões de euros (R$ 8,5 milhões), em caso de se classificar entre os três melhores da Bola de Ouro. Vale ressaltar que o "Football Leaks" também revelou que Mbappé teria pedido ao clube o salário mais alto, se vencesse a Bola de Ouro, o que foi negado pelo PSG.

Em casos de indisciplina, alguns jogadores tiveram o bônus revogado. Verrati, depois de ser pego dirigindo alcoolizado em outubro, teve parte do seu bônus retirado. Assim como Ben Harfa e Aurier, que também foram punidos.

Ainda de acordo com o programa francês, Neymar deve dar entrevista, sempre que solicitado, ao grupo de mídia "Al-Jazeera". Para Cavani, teria ficado estabelecido que não deve se atrasar para mais de 5% dos treinamentos por mais de 15 minutos.

Veja também

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade