2 eventos ao vivo

Lugano ataca arbitragem do clássico: "não há limites"

Ex-jogador e atual diretor institucional Tricolor usou a web para fazer duras críticas ao árbitro e ao VAR no empate com o Corinthians

14 abr 2019
20h05
atualizado em 15/4/2019 às 07h48
  • separator
  • 0
  • comentários

Após o empate por 0 a 0 entre São Paulo e Corinthians pelo jogo de ida da final do Campeonato Paulista, neste domingo, no Morumbi, o ex-jogador e atual diretor institucional tricolor, Diego Lugano, fez duras críticas à arbitragem da partida. Pelas redes sociais, ele criticou as decisões do árbitro, Luiz Flavio de Oliveira, e dos árbitros de vídeo. Para ele "não há limites" em uma suposta vontade de prejudicar o clube.

Lugano criticou a arbitragem do clássico (Foto: Reprodução/Twitter)
Lugano criticou a arbitragem do clássico (Foto: Reprodução/Twitter)
Foto: LANCE!

"Uma não expulsão no início do jogo. Uma mão que não foi vista na área adversária. Uma tentativa de encontrar um pênalti pelo VAR aos 50 do segundo tempo. Isto tudo diante de 60 mil São-Paulinos. Parece que não há limites. Sorte que nossa gana de ser campeão também é ilimitada", escreveu Lugano.

 

Lugano também publicou um vídeo em câmera lenta do lance em que a bola chutada por Everton Felipe bateu no braço de Ralf dentro da área, no primeiro tempo. O árbitro de campo, Luiz Flávio de Oliveira, foi informado pelos assistentes de vídeo que não era necessária revisão do lance.

No final da partida, já nos acréscimos, o VAR voltou a entrar em ação e demorou cerca de quatro minutos para decidir que não houve pênalti de Hudson em Henrique, por um puxão de camisa dentro da área.

O duelo de volta pelo título paulista será no próximo domingo, às 16h, na Arena Corinthians, em Itaquera, com torcida única dos donos da casa. Um novo empate, por qualquer placar, leva a decisão para os pênaltis.

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade