0

Jovem Rhuan vai bem em estreia como titular no Botafogo

Jogador de 19 anos revelado na base do Glorioso ganhou chance com Alberto Valentim e correspondeu com boa atuação na vitória por 2 a 0 sobre o Avaí no Brasileirão

12 nov 2019
07h01
atualizado às 07h01
  • separator
  • 0
  • comentários

O Botafogo entrou em campo, na última segunda-feira, contra o Avaí com uma novidade na lista de escalação. O técnico Alberto Valentim surpreendeu e deu uma chance ao jovem Rhuan, de 19 anos, titular pela primeira vez com os profissionais, contrariando as expectativas do retorno de Diego Souza. A aposta se mostrou acertada. O jogador correspondeu e teve boa atuação, em especial no primeiro tempo, em que criou as principais chances da equipe pelo lado esquerdo.

Desde o início da partida, Rhuan se mostrou uma boa referência ofensiva no time alvinegro. Em lances individuais deu início às principais oportunidades de gol do time. Habilidoso, o jovem também cavou cartões amarelos de Luanderson e Caio Paulista, ainda na primeira etapa, que foram obrigados a pará-lo com faltas.

A boa atuação fez o atacante cair nas graças da torcida do Glorioso. Ao substituir Rhuan por Lucas Campos, aos 11 minutos do segundo tempo, o técnico Alberto Valentim teve que escutar os gritos de "burro" vindos das arquibancadas. Após a partida, o treinador admitiu ter se equivocado ao sacar o jovem.

-Talvez eu tenha me precipitado um pouco em tirar o Rhuan. Talvez tenha sido um erro. Minha ideia era que Lucas Campos entrasse muito forte pelo lado direito e que o Valencia marcasse muito forte para que não baixássemos mais a linha. Gostei do jogo dele, a gente poderia ter aproveitado mais a velocidade e o um contra um dele, apesar de ele ter ganhado alguns confrontos individuais. O primeiro discurso que tenho com esses jogadores, e vou martelando isso na cabeça deles, que eles têm de estar preparados para jogar. Estão de parabéns pela vitória - disse Valentim.

Em um elenco enxuto, com poucas peças de reposição, a ascensão de Rhuan surge em bom momento para a equipe de Valentim, na reta final do Brasileirão, em que o Glorioso luta para se livrar do risco de queda para a Série B.

Rhuan fez a primeira partida como titular no time profissional (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Rhuan fez a primeira partida como titular no time profissional (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Foto: Lance!

Confira aqui a classificação do Campeonato Brasileiro

Pesadelos na véspera

Na zona mista na saída do time, o jogador de 19 anos não quis entrar na polêmica sobre a escolha de Valentim.

- É a minha primeira partida como titular, foi um pouco desgastante, o Alberto percebeu. E o Lucas entrou muito bem, acabou sofrendo o pênalti e ajudou a gente.

Rhuan admitiu ainda o nervosismo na véspera da partida e agradeceu o apoio que recebeu dos colegas mais experientes, que o tranquilizaram antes da estreia como titular nos profissionais.

— Importante sempre a vitória. Acho que foi importante para mim, para o grupo. A rapaziada me apoiou bastante, porque sabiam que seria um pouco complicado para mim sendo a primeira partida como titular. Mas graças aos meus companheiros pude desempenhar meu futebol tranquilamente. Os jogadores experientes me ajudaram para passar tranquilidade. Antes do jogo fiquei um pouco nervoso, ansioso. Não estava conseguindo nem dormir à tarde. Tive três pesadelos, mas fiquei feliz pelo desempenho. - disse após a partida.

O próximo desafio de Rhuan e do Botafogo será no próximo domingo, fora de casa, contra o Athletico-PR. Com a vitória sobre o lanterna do Campeonato, o Botafogo deixou a zona de rebaixamento e subiu para a 14ª posição, com 36 pontos. O alívio momentâneo vai permitir uma semana mais tranquila de trabalho para jogadores e comissão técnica.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade