0

Gabigol alfineta São Paulo: "Não entendi comemorar empate"

Atacante do Flamengo disse respeitar a postura do São Paulo, mas afirmou que time paulista fez cera durante o jogo. Gabigol, no entanto, também valorizou ponto conquistado

28 set 2019
22h26
atualizado em 29/9/2019 às 09h18
  • separator
  • 0
  • comentários

Gabigol foi mais um jogador do Flamengo a reclamar da postura do São Paulo no empate em 0 a 0, neste sábado, no Maracanã. Depois de Filipe Luís e até o técnico Jorge Jesus, o atacante criticou a atuação do time tricolor e ironizou a comemoração do resultado por parte dos jogadores adversários.

Foto: FCesar/O Fotográfico / Estadão

"Desde o começo do primeiro tempo eles estavam querendo o empate. A gente achou isso meio estranho, até porque eles têm grandes jogadores e a gente queria jogar e eles realmente seguraram muito o tempo, caiam, toda hora faziam uma cera. Não entendi bem como um time como o São Paulo vem aqui para comemorar um empate. A gente queria jogar, vencer. O juiz deu seis de acréscimo, mas poderia dar uns 10, 15, porque realmente o jogo não andou, mas respeitamos", disse Gabigol na zona mista após a partida.

O atacante, no entanto, também valorizou o ponto conquistado pelo Flamengo na noite deste sábado.

"Obviamente, queríamos ganhar, mas também se ganhássemos não seríamos campeões hoje. A gente sabia que seria um jogo muito complicado. A gente fez de tudo, eles praticamente não passaram do meio de campo, não chegaram no nosso gol. Conseguimos um ponto e continuamos na briga", finalizou o jogador.

Com o empate deste sábado, o Flamengo chegou a 49 pontos e se mantém na liderança do Brasileiro até o fim da rodada. Mas pode ver o vice-líder Palmeiras diminuir a diferença de pontos neste domingo. Na próxima rodada, o time rubro-negro visita a Chapecoense, no domingo, às 11h. Antes disso, na quarta-feira, enfrenta o Grêmio pelo primeiro jogo das quartas de final da Libertadores.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade