1 evento ao vivo

Cruzeiro vence o Palmeiras por 3 a 1 no Mineirão

Em prévia das quartas de final da Copa do Brasil, a Raposa foi de novo eficiente contra o atual campeão brasileiro

9 jul 2017
18h02
atualizado às 18h09
  • separator
  • comentários

Em uma prévia das quartas de final da Copa do Brasil, o Cruzeiro fez mais uma vez três gols no Palmeiras, mas desta vez correu menos riscos e venceu, por 3 a 1, no Mineirão. Depois do jogo eletrizante em São Paulo há dez dias, os times agora duelaram no Brasileiro e no dia 26 se reencontram pela copa.

Thiago Neves abriu o placar logo aos 31 minutos do primeiro tempo (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)
Thiago Neves abriu o placar logo aos 31 minutos do primeiro tempo (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)
Foto: LANCE!

O enredo desta tarde teve algumas semelhanças com o 3 a 3 no Allianz Parque: o Verdão com início promissor, mas minado pela eficiência celeste quando teve chances.

O Palmeiras começou melhor no Mineirão, com quase 70% de posse de bola, mas com poucas chances criadas contra o gol de Fábio. Na principal jogada alviverde, Róger Guedes ganhou em velocidade e foi derrubado pelo zagueiro Murilo Cerqueira dentro da área. O árbitro Péricles Bassols nada marcou.

Depois de 12 minutos, Thiago Neves recebeu bom passe de Alisson e marcou um belo gol, com pouco ângulo, após Luan não acompanhá-lo até o fim, e Prass sair de forma atrapalhada. Ali o time de Cuca começou a desmoronar, até que o chute de Lucas Romero foi desviado por Hudson na entrada da área e matou Prass, que no domingo fez 39 anos.

Novamente o Verdão começava um segundo tempo contra o Cruzeiro em desvantagem. A entrada de Keno deu fôlego pelo lado esquerdo, mas Róger Guedes, pela direita, foi quem liderou o time na etapa final. Veio dele a assistência para Willian descontar o placar. Logo após o gol, Fábio pedia calma a seus companheiros, e o Palmeiras pressionava. No abafa, com Mina jogando de atacante, parecia que o empate mais uma vez viria, mas não aconteceu.

Nos acréscimos, Élber teve duas oportunidades, a primeira defendida por Prass, mas na segunda completou para o gol e fechou o placar.

Fim da série de quatro vitórias seguidas do atual campeão no Brasileiro; já a Raposa recuperou-se depois da derrota para o Atlético-MG no domingo passado. Mano Menezes havia prometido após o clássico que seu time não tomaria três gols no jogo seguinte. Promessa cumprida.

Com 19 pontos, o Palmeiras agora está a 13 pontos do líder Corinthians, o rival na próxima quarta-feira. O Cruzeiro, com 17, reaproximou-se da briga pelas primeiras posições. A equipe mineira vai visitar o Atlético-PR, também na próxima quarta.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 3 x 1 PALMEIRAS


Local : estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data/Hora : 9 de julho de 2017, às 16h
Árbitro : Péricles Bassols (PE)
Assistentes : Clóvis Amaral da Silva e Cleberson do Nascimento Leite (ambos de PE)
Cartões amarelos : Ariel Cabral (Cruzeiro), Mayke, Willian, Dudu, Tchê Tchê (Palmeiras)
Público/renda : 15.129 pagantes/R$ 387.378,00

GOLS : Thiago Neves, aos 31/1ºT (1-0), Hudson, aos 41/1ºT (2-0), Willian, aos 16/2ºT (2-1) e Élber, aos 46/2ºT (3-1)

Cruzeiro : Fábio; Lucas Romero, Léo, Murilo Cerqueira e Diogo Barbosa; Ariel Cabral, Henrique, Hudson (Lucas Silva, aos 15/2ºT) e Thiago Neves (Élber, aos 39/2ºT); Alisson e Rafael Sóbis (Sassá, aos 29/2ºT). Técnico : Mano Menezes.

Palmeiras : Fernando Prass; Mayke (Keno, no Intervalo), Mina, Luan e Egídio (Michel Bastos, aos 37/2ºT); Bruno Henrique, Tchê Tchê e Zé Roberto (Raphael Veiga, aos 32/2ºT); Dudu, Róger Guedes e Willian. Técnico : Cuca.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade