1 evento ao vivo

Com o futebol parado, Fluminense terá a volta de atletas emprestados

Três jogadores estão cedidos até o fim de abril. São os casos de Zé Ricardo, Caio e Robinho. Marlon está emprestado até o fim de junho

30 mar 2020
07h05
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Com o futebol parado, muitos clubes estão preocupados com a parte financeira, já que sem jogos, não há dinheiro de bilheteria, exposição de patrocinadores, premiações por avançar em uma determinada competição, entre outras fontes de receita. Diante dessas dificuldades, o Fluminense terá ainda um aumento em sua folha salarial com o retorno de jogadores emprestados.

Os empréstimos de Robinho ao Água Santa-SP, Zé Ricardo para o Boavista-RJ e Caio, que está no Atlético-GO, terminam no fim de abrill. Já Marlon, cedido ao Boavista, de Portugal, possui vínculo até o dia 30 de junho. Confira a situação e o desempenho de cada um longe do Tricolor.

Marlon não teve espaço com Diniz e acabou sendo emprestado ao Boavista-POR (Foto: Mailson Santana/Fluminense)
Marlon não teve espaço com Diniz e acabou sendo emprestado ao Boavista-POR (Foto: Mailson Santana/Fluminense)
Foto: Lance!

ZÉ RICARDO

(Foto: Mailson Santana/Fluminense)

O volante, cria de Xerém, disputou apenas um jogo pelo Boavista. Isso aconteceu na vitória do seu time sobre o Volta Redonda, por 2 a 1, na 6ª rodada da Taça Guanabara, quando entrou aos 27 minutos do segundo tempo. O retorno ao Fluminense está garantido. O jogador de 21 anos tem contrato com o Tricolor até 22 de janeiro de 2021, com o clube tendo 60% dos direitos econômicos.

CAIO

(Foto: Mailson Santana/Fluminense)

Outro volante formado nas categorias de base, Caio também volta ao Fluminense após o término do empréstimo. Quem garantiu isso foi o próprio presidente do Atlético-GO, Adson Batista.

- Ótimo profissional, boa pessoa, mas o contrato termina agora e não vamos renovar. Estamos sem um rumo, não sabemos o que vai acontecer aí para frente (calendário), então não posso assinar novo contrato com ninguém - disse o dirigente ao site do Globo Esporte.

Pelo clube goiano, Caio disputou apenas oito jogos, quatro como titular. Com 21 anos, o volante tem contrato com o Fluminense até 8 de maio do ano que vem. O Tricolor é dono de 50% dos direitos econômicos do jogador.

ROBINHO

(Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

O futuro do jogador segue incerto, já que o Água Santa não está em nenhuma divisão nacional, mas se encontra em posição de classificação para as quartas de final do Campeonato Paulista. O meia-atacante de 24 anos disputou oito jogos, três como titular, marcando dois gols. O Fluminense tem contrato com ele até 12 de agosto de 2021, tendo posse de 55% dos direitos econômicos.

MARLON

(Foto: Mailson Santana/Fluminense)

Emprestado desde o segundo semestre do ano passado, o lateral-esquerdo vinha jogando com regularidade, jogando 19 partidas, 17 delas como titular. O Boavista-POR tem a opção de comprar o jogador, porém, de acordo com o empresário Marcelo Karan, ainda não houve conversa neste sentido. Marlon tem 22 anos e possui vínculo com o Fluminense até o fim de 2021 e 70% dos direitos econômicos pertencem ao Tricolor.

Veja também:

Pelé é superestimado? Editor do L! avalia polêmica criada por site inglês
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade