3 eventos ao vivo
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Cadê o VAR? Ex-árbitros analisam polêmicas de Brasil x Suíça

Seleção empatou com a Suíça na estreia da Copa do Mundo, mas o destaque fica para a arbitragem da partida, que se envolveu em dois lances polêmicos e não fez uso do VAR

17 jun 2018
18h50
atualizado às 19h30
  • separator
  • 0
  • comentários

O Brasil estreou na Copa do Mundo empatando com a Suíça por 1 a 1, mas foi a arbitragem que virou assunto na Arena Rostov. Coutinho abriu o placar para os brasileiros e Zuber empatou de cabeça, gol que seria o primeiro lance polêmico da noite. Já no fim da partida, Gabriel Jesus reclamou de pênalti após disputa dentro da área. A maior dúvida fica por conta da falta de uso do VAR.

Gabriel Jesus reclama de pênalti após disputa na área
Gabriel Jesus reclama de pênalti após disputa na área
Foto: Darren Staples / Getty Images

O árbitro da partida foi o mexicano César Ramos, que considerou normal a movimentação de Zuber na disputa com Miranda, que reclama de empurrão. Os jogadores brasileiros pediram o auxílio do árbitro de vídeo, porém o jogo seguiu normalmente.

No lance de Jesus, o atacante reclama de um puxão do defensor Akanji - o camisa 9 da Seleção cai no chão e pede pênalti. César Ramos mandou seguir.

Veja a análise de ex-árbitros sobre as jogadas.

Paulo César de Oliveira

Sobre o gol da Suíça
"Foi falta de Zuber em Miranda. Ele deu um empurrão que tirou todo o zagueiro da jogada e faz o gol. Na minha opinião, falta em Miranda e gol irregular marcado pela arbitragem", disse o ex-árbitro e comentarista, logo após a partida, no SporTV.

Sobre pênalti em Gabriel Jesus
"Akanji não disputa a bola em nenhum momento e segura o braço esquerdo de Gabriel Jesus, sairia em uma condição boa para marcar e o jogador da Suíça esquece a bola e acaba cometendo a penalidade, que mais uma vez não foi marcada", afirmou.

Uso do VAR
"Eu teria pedido auxílio do VAR no gol da Suíça e, na segunda jogada, por ser mais interpretativa, eu respeitaria a decisão do momento, mas para mim também foi pênalti em cima de Gabriel Jesus", disse Paulo César.

José Roberto Wright

Sobre o gol da Suíça
"O que aconteceu no jogo de hoje foi um absurdo. Aconteceu falta claríssima em Miranda e o árbitro não estava mal posicionado, poderia ter visto o empurrão e anulado o gol", afirmou.

Sobre pênalti em Gabriel Jesus
"É um lance interpretativo, mas também achei que existiu pênalti em cima de Gabriel Jesus, o defensor suíço esquece a bola e visa apenas o braço do brasileiro. O árbitro estava mais uma vez bem colocado e poderia ter visto o lance de outra forma", disse.

Uso do VAR
"
Foram lances que não precisavam do auxílio da tecnologia para ter certeza sobre o que marcar. Nas duas jogadas ele estava bem posicionado, mas optou em seguir o jogo normalmente. A arbitragem da estreia do Brasil foi fraquíssima e fiquei com a impressão que querem tirar o Brasil da Copa do Mundo", afirmou Wright.

Veja também:

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade