1 evento ao vivo

Atlético-MG encara os chilenos do Unión La Calera na Sul-Americana

O time mineiro, que caiu na Libertadores, entrou direto na segunda fase do mata-mata da competição e enfrenta os chilenos nos dias 21,22 e 23 de maio na ida e 28,29 e 30 a volta

13 mai 2019
23h41
  • separator
  • comentários

O Atlético-MG conheceu o seu rival na segunda fase da Copa Sul-Americana. O Galo enfrentará o Unión La Calera-CHI em sorteio sorteio realizado na noite desta segunda-feira, na sede da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), em Luque, no Paraguai.

As datas e horários das partidas ainda não foram determinados pela Conmebol, mas os jogos de ida da segunda fase estão previstos entre os dias 21, 22 e 23 de maio. Os duelos de volta serão na semana seguinte, de 28 a 30.

O time mineiro poderá decidir sua classificação em casa, mas sem estádio definido, já que o alvinegro está alternando jogos entre o Mineirão e o Independência.

O Galo tentará avançar na Sul-Americana em duelo inédito contra o Únion La Calera-CHI- NORBERTO DUARTE / AFP
O Galo tentará avançar na Sul-Americana em duelo inédito contra o Únion La Calera-CHI- NORBERTO DUARTE / AFP
Foto: Lance!

Desconhecido do torcedor do Galo, os chilenos do Unión La Calera-CHI eliminou a Chapecoense na primeira fase da competição. Se os mineiros avançarem, enfrentarão o vencedor do duelo entre Botafogo e Sol de América-PAR nas oitavas de final.

O Galo está jogando a Sul-Americana por ter sido eliminado da Libertadores, ficando em terceiro lugar no Grupo E com seis pontos ganhos.


A nova jornada na Sul-Americana vai colocar à prova os brios do Galo, já que em 2018, o presidente do clube, Sérgio Sette Câmara, classificou a competição como segunda divisão da América do Sul e poucos dias depois foi eliminado pelo San Lorenzo, em BH, com um time reserva, ainda na primeira fase.

Vencer a Sul-Americana é, além de uma conquista internacional para o clube, poderá levar o alvinegro de volta à Libertadores, no ano de 2020. Outro motivo de se manter em disputa continental é a possibilidade de arrecadar, se conquistar o título 6,275 milhões de dólares (R$ 24.786.250,00), garantindo vaga na decisão da Recopa Sul-Americana, contra o vencedor da Libertadores e a disputa de outra taça internacional, a Copa Suruga, no Japão.


Sul-Americana só no DAZN
As partidas da Copa Sul-Americana serão transmitidas com exclusividade pelo DAZN, serviço de streaming de esportes que aportou no Brasil em 2019. O torcedor que quiser acompanhar os jogos do Galo e de outros brasileiros, precisa assinar o serviço ao custo mensal de R$ 37,90, sem contrato de fidelização.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade