PUBLICIDADE

Jogos Panamericanos 2011

Parapan: três brasileiros quebram recordes e levam ouro no atletismo

15 nov 2011 - 20h46
(atualizado em 16/11/2011 às 13h12)
Compartilhar

O brasileiro Ariosvaldo Silva segue implacável nos 100 m rasos T53 do Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara. Após se classificar em primeiro e quebrar o recorde da competição nas semifinais, ele colocou uma nova marca como a melhor do torneio e levou o ouro nesta terça-feira, passando a linha de chegada com 15s08 segundos.

Ariosvaldo comemora a vitória e a conquista da medalha de ouro
Ariosvaldo comemora a vitória e a conquista da medalha de ouro
Foto: Patrícia Santos/Fotocom / Divulgação

Veja o quadro de medalhas dos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara

O atleta, 35 anos, bateu o venezuelano Jesus Aguilar, medalhista de prata com 15s52 - melhor tempo seu na temporada - e o americano Zach Abbott, que ficou na terceira colocacção, ao completar a disputa em 15s99.

O T antes da modalidade significa Track (pista, em inglês), para ilustrar o local da prova. Já o 53 corresponde ao grau capacidade de locomoção dos competidores. Neste caso, todos utilizam cadeiras de rodas.

Outra medalhista de ouro foi Jenifer Santos, que também quebrou o recorde parapan-americano ao estabelecer 31s01 nos 200m T38, competição para atletas com paralisia cerebral, mas que conseguem se locomover em pé.

Já na prova de campo do lançamento de dardo, Shirlene Coelho obteve a marca de 33,99 m, outro recorde parapan-americano, e também subiu ao degrau mais alto do pódio, na categoria F37/38. Ela conquistou seu segundo ouro do Parapan de Guadalajara, já que na segunda-feira havia sido campeã no arremesso de peso.

Prata:

Na prova dos 5.000 m, o brasileiro Alex Menconca chegou a liderar no início, mas acabou sendo superado pelo colombiano Elkin Alonso Serna, campeão com 15min45s94. O representante nacional acabou com o tempo de 16min17s80 e a prata.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra