PUBLICIDADE
AO VIVO
Chico César faz show repleto de hits ao vivo no Terraiá, o São João do Terra

Jogos Panamericanos 2011

Bolsa distribui mais de R$ 1 milhão em ouro para medalhistas do Pan

3 nov 2011 - 15h04
(atualizado às 16h37)
Compartilhar
Dassler Marques
Direto de São Paulo

O BM&F Bovespa premiou 14 medalhistas brasileiros dos Jogos Pan-Americanos, nesta quinta-feira, em São Paulo. A bolsa de valores, que mantém o clube de mesmo nome, manteve a tradição de presentear os atletas com premiação em ouro.

Quem subiu no lugar mais alto do pódio, recebeu 1 kg, o dobro da quantia entregue para quem ficou com a prata e quatro vezes o que ficou com os donos de medalha de bronze. A porção de ouro total, que superou 9 kg, é equivalente a um investimento de R$ 1,1 milhão. Os respectivos treinadores também ganharam 30% do prêmio.

"Nessa crise mundial, o ouro foi o que teve a maior valorização. Hoje, a grama está em R$ 93, é a maior cotação que já tivemos. É um desembolso considerável", descreveu Sérgio Luís Coutinho Nogueira, diretor técnico do clube de atletismo do BM&F Bovespa. "A campanha em Guadalajara foi considerada a melhor que já tivemos e o clube ganhou 12 das 23 medalhas do atletismo brasileiro", emendou Ricardo D'Angelo, treinador.

Ana Cláudia Lemos Silva arrematou duas medalhas de ouro no México e foi a grande agraciada do evento, realizado na sede da Federação Paulista de Atletismo. "Foi meu primeiro Pan-Americano e estou safisfeita pelas duas medalhas. Aprendi com esse primeiro e as metas para 2012 é estar em uma final olímpica individual. Vou trabalhar bastante para isso", prometeu a jovem, que ainda terminou em quarto lugar nos 100 m.

Bastante tímida, a bicampeã admitiu já ter planos do que fazer com a premiação estimada em R$ 116 mil. "Acho que vou comprar um lugar para morar, mas isso é o de menos agora", brincou. "Quero é focar em 2012 e pensar em tudo que já foi feito para procurar mais grandes resultados".

Já a saltadora Fabiana Murer, campeã mundial e prata no Pan, explicou novamente porque não repetiu o ouro no México. "Antes do Mundial, eu queria ter tido melhores resultados, mas tive problemas técnicos e até psicológicos. Consegui me recuperar e felizmente veio o ouro, inédito para o atletismo brasileiro". O fim de ano, entretanto, não foi como ela esperava.

"Fiquei muito contente, mas sabia do Pan-Americano e sabia que não conseguiria 4,85 m. É difícil, praticamente impossível se manter no melhor nível o ano todo. Treinei, me mantive em forma e achava que 4,70 m daria para o ouro", explicou.

Os 14 atletas premiados

Medalhistas de ouro

Aílton Feitosa (revezamento 4x100 m)

Ana Cláudia Lemos Silva (200 m e revezamento 4x100 m)

Marílson Gomes (10 mil m)

Nilson André (revezamento 4x100 m)

Medalhistas de prata

Cruz Nonata (5 mil m e 10 mil m)

Fabiana Murer (salto com vara)

Joelma Neves Souza (revezamento 4 x 400 m)

Bárbara Farias de Oliveira (revezamento 4 x 400 m)

Geisa Coutinho (revezamento 4 x 400 m)

Jailma Sales de Lima (revezamento 4 x 400 m)

Hudson Santos de Souza (3 mil m com obstáculos)

Medalhistas de bronze

Joílson Bernardo da Silva (5 mil m)

Ronald Julião (lançamento de disco)

Geisa Coutinho (400 m)

 Ana Cláudia Lemos Silva exibe suas barras de ouro e mira Londres 2012
Ana Cláudia Lemos Silva exibe suas barras de ouro e mira Londres 2012
Foto: Bruno Santos / Terra
Fonte: Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra