0

Após jogo difícil, Brasil é bronze no basquete em cadeira de rodas

19 nov 2011
20h22
atualizado às 22h39

A partida foi disputada contra o México, que jogava em casa e com o apoio da torcida. O jogo foi extremamente complicado, parelho. E apesar disso, a Seleção Brasileira feminina de basquete em cadeira de rodas conquistou a medalha de bronze dos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara neste sábado, ao conseguir placar de 59 a 54.

Veja o quadro de medalhas dos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara

As mexicanas foram bem no primeiro quarto e abriram 16 a 9 sobre o Brasil, que conseguiu se recuperar no período seguinte, fechando o primeiro tempo com 28 a 25. No terceiro quarto, o time comandado pelo técnico Wilson Correia melhorou o desempenho e abriu nove pontos de vantagem. Já no último quarto, o México diminuiu a vantagem, mas não evitou a derrota.

A cestinha da partida foi a brasileira Vileide Brito, que fez 23 pontos, além de 14 rebotes e três assistências. Entre as brasileiras, Lia Maria Soares também se destacou, ao somar 19 pontos, nove rebotes e quatro assistências. Já na equipe adversária, três jogadoras marcaram 12 pontos: Lúcia Vázques e Claudia Miranda e Floralia Estrada.

A Seleção Brasileira feminina teve desempenho irregular no Parapan de Guadalajara e, com duas derrotas na primeira fase, foi eliminada na semifinal pelos Estados Unidos. A medalha de ouro será definida no embate entre os americanos e a seleção da Colômbia, neste sábado.

Masculino vence Argentina e confirma quinta colocação

Na briga pela quinta colocação como "prêmio de consolação" após ser eliminado da disputa por medalhas, a Seleção Brasileira masculina de basquete em cadeira de rodas venceu a Argentina por 77 a 71.

Seleção feminina de basquete comemora bronze conquistado
Seleção feminina de basquete comemora bronze conquistado
Foto: Patrícia Santos / FOTOCOM.NET / CPB / Divulgação
Fonte: Terra
publicidade