PUBLICIDADE

Tóquio-2020 proíbe consumo de álcool por torcedores nos Jogos

Após autorizar a presença de público local nas arenas em capacidade limitada, organização anuncia medidas para evitar o contágio pelo coronavírus entre pessoas nas arquibancadas

23 jun 2021 18h16
| atualizado às 18h38
ver comentários
Publicidade

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio-2020 voltou atrás e anunciou nesta quarta-feira que o consumo de bebida alcóolica será vetado durante os eventos, como medida para conter o contágio pelo novo coronavírus durante as competições. Também não será permitido falar alto e interagir com os atletas de forma próxima.

A presidente do Comitê Organizador, Seiko Hashimoto, anunciou as medidas (Foto: Franck ROBICHON / POOL / AFP)
A presidente do Comitê Organizador, Seiko Hashimoto, anunciou as medidas (Foto: Franck ROBICHON / POOL / AFP)
Foto: Lance!

- Seguindo o conselho de especialistas, o Comitê Organizador decidiu não vender e beber bebidas alcoólicas nos locais para prevenir a propagação de infecções - disse Hashimoto.

Na terça-feira, veículos locais publicaram a informação de que o Comitê estava considerando liberar bebidas alcóolicas, o que gerou uma série de protestos. Hoje, há restrições de venda à população para evitar convivência em bares, pelo menos até o dia 11 de julho.

As preocupações com uma nova onda de contágio cresceram nos últimos dias. Um segundo membro da equipe de Uganda testou positivo para Covid-19 poucos dias após sua chegada ao Japão, após o mesmo acontecer com um treinador do país no sábado. A delegação foi colocada em quarentena em Izumisano, cidade no oeste do Japão onde fará a sua preperação.

- Se nossos cidadãos têm preocupações [sobre servir álcool na Olimpíada], acho que devemos desistir disso. É por isso que decidimos proibir a venda de álcool - afirmou Hashimoto.

A Asahi Breweries, marca do ramo de bebidas que é patrocinadora oficial dos Jogos, informou que concorda com a decisão.

Lance!
Publicidade
Publicidade