PUBLICIDADE

Ouro, Isaquias ressalta: "Eu prometi para vocês e fui atrás"

Canoísta brasileiro lembra que havia feito promessa de que buscaria topo do pódio nos Jogos Olímpicos de Tóquio e comemora feito histórico

7 ago 2021 00h34
| atualizado às 00h48
ver comentários
Publicidade

Nesta sexta-feira, Isaquias Queiroz conquistou a medalha de ouro na canoagem C1 1000m nos Jogos Olímpicos de Tóquio, vencendo a final com uma grande vantagem para o segundo colocado. Depois de duas pratas e um bronze na Olimpída de 2016, no Rio de Janeiro, o brasileiro não escondeu a felicidade ao subir no lugar mais alto do pódio na capital japonesa.

Isaquias Queiroz exibe a sua medalha de ouro no pódio dos Jogos Olímpicos
Isaquias Queiroz exibe a sua medalha de ouro no pódio dos Jogos Olímpicos
Foto: Maxim Shemetov/Reuters

Isaquias ainda revelou que estava preocupado com as condições climáticas antes da prova, já que o vento não estava forte no canal. "Estou meio que aéreo ainda. É diferente ganhar a medalha de ouro. Eu estou feliz, mas mais feliz ainda por deixar os brasileiros felizes com essa medalha. Eu prometi para vocês e fui atrás. Eu tenho uma pequena música da Hungria Hip Hop que levo sempre comigo: 'Um dia, vi uma estrela cadente e fiz um pedido. Hoje, creio que fui atendido'. Era só um menino brincando com os amigos, mas hoje sou campeão olímpico", afirmou o brasileiro à TV Globo.

"Não estou nem conseguindo chorar, de tanta felicidade. Não estou acreditando no que aconteceu. Dois minutos antes de entrar na água, meu treinador me disse: 'Velho, essa prova e essa medalha são suas'. Ainda falei: 'Cadê o vento?', o vento sumiu. Bem na largada, começou a entrar bastante vento. O chinês apertou ali, mas eu sabia do que era capaz", completou.

Isaquias também lembrou de Jesus Morlan, treinador espanhol que foi fundamental para o desenvolvimento da canoagem no Brasil e que faleceu em 2018. Jesus foi o técnico do medalhista nos Jogos de 2016. "Acima de toda a equipe da canoa, a gente veio com um grande objetivo, que era a medalha do Jesus. Não conseguimos a do C2 (prova em duplas que fez neste Olimpíada), mas a gente pôde realizar o que ele queria, que era se tornar campeão olímpico", finalizou.

Em 2016, nos Jogos do Rio, Isaquias Queiroz conquistou a medalha de prata no C1 1000m. Na mesma edição da competição, o brasileiro também levou a prata no C2 1000m e o bronze no C1 200m.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade