PUBLICIDADE

Olimpíada de Tóquio 2021: Com prata no skate, Brasil iguala recorde de medalhas em Olimpíadas; veja medalhistas

País já tem 19 medalhas garantidas em Tóquio, mesmo número conquistado nos Jogos Olímpicos de 2016, quando então registrou sua melhor marca

5 ago 2021 04h08
| atualizado às 05h22
ver comentários
Publicidade

O Brasil igualou em Tóquio 2021 o seu melhor desempenho em Olimpíadas — com 19 medalhas garantidas. E a contagem pode aumentar ainda mais nos próximos dias, com mais finais que o país ainda disputará até domingo, quando serão encerrados os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Pedro Barros foi prata no skate park nesta quinta-feira nos Jogos de Tóquio
Pedro Barros foi prata no skate park nesta quinta-feira nos Jogos de Tóquio
Foto: Reuters / BBC News Brasil

Na madrugada de quinta-feira (5/8), o Brasil conquistou sua 16ª medalha nos Jogos, com a prata de Pedro Barros no skate park. Além das medalhas já entregues aos atletas, o Brasil já garantiu pelo menos outras três em competições que ainda estão em andamento: ouro ou prata no futebol masculino; ouro ou prata no boxe feminino até 66kg (com Beatriz Ferreira); e ouro ou prata no boxe masculino até 75kg (com Hebert Conceição).

Com isso, o Brasil está neste momento igualando o desempenho que tinha tido no Rio de Janeiro, em 2016, quando também havia conquistado 19 medalhas — até então o melhor da história do país.

No entanto, se esse desempenho fosse colocado em um quadro de medalhas, o Brasil de Tóquio-2021 ainda estaria atrás do time da-Rio 2016 — até agora o Brasil ainda tem três medalhas de ouro a menos.

Na Olimpíada do Rio, no entanto, o Brasil teve uma delegação muito maior — já que esportes coletivos do país-sede estavam automaticamente classificados para os Jogos, e havia regras que favoreciam a participação de atletas da casa.

O Brasil teve menos atletas no Japão, mas, ainda assim, a delegação atual é a maior já enviada ao exterior: 301 atletas. Em Londres-2012, 257 brasileiros haviam participado. Na Rio-2016, 465 representantes do País competiram.

Antes de Tóquio-2021, os cinco melhores desempenhos do Brasil em Olimpíadas por número de medalhas haviam sido, pela ordem: Rio-2016 (19 medalhas - 7 ouros, 6 pratas e 6 bronzes); Pequim-2008 (17 medalhas - 3 ouros, 4 pratas e 10 bronzes); Londres-2012 (17 medalhas - 3 ouros, 5 pratas e 9 bronzes); Atlanta-1996 - (15 medalhas - 3 ouros, 3 pratas e 9 bronzes) e Sydney-2000 (nenhum ouro, 6 pratas e 6 bronzes).

Se a tabela for organizada a partir de ouros conquistados, o Brasil de Tóquio-2021 ainda estaria atrás das equipes brasileiras de Rio-2016 e Atenas 2004, com quatro ouros. Os melhores desempenhos dos campeões olímpicos do país (tirando os atuais Jogos, ainda em andamento) foram os seguintes, pela ordem: Rio-2016 (7 ouros); Atenas-2004  (5 ouros), Pequim-2008, Londres 2012 e Atlanta-1996 (3 ouros em cada Olimpíada);  Moscou-1980 e Barcelona-1992 (2 ouros em cada); e Seul-1988, Los Angeles-1984, Antuérpia-1920; Helsinque-1952 e Melbourne-1996 (1 ouro em cada). Até agora, em Tóquio, os atletas brasileiros já receberam 16 medalhas.

Confira a lista de todos os medalhistas do Brasil nestes Jogos Olímpicos até 5 de agosto:

Quatro ouros:

1. Ítalo Ferreira - Surfe masculino

2. Rebeca Andrade - Ginástica artística: salto

3. Martine Grael e Kahena Kunze — Vela: 49er FX

4. Ana Marcela Cunha — Maratona aquática de 10km

Quatro pratas:

5. Rebeca Andrade — Ginástica artística: individual geral

6. Kelvin Hoefler — Skate street

7. Rayssa Leal — Skate street

8. Pedro Barros — Skate park

Oito bronzes:

9. Alison dos Santos (Piu) — Atletismo: 400m com barreiras

10. Thiago Braz — Atletismo: salto com vara

11. Abner Teixeira — Boxe até 91kg

12. Daniel Cargnin — Judô até 66kg

13. Mayra Aguiar — Judô até 78kg

14. Bruno Fratus — Natação: 50m livre

15. Fernando Scheffer — Natação: 200m livre

16. Luisa Stefani e Laura Pigossi — Tênis: duplas femininas

Medalhas garantidas:

- Ouro ou prata no futebol masculino

- Ouro ou prata no boxe feminino até 66kg, com Beatriz Ferreira

- Ouro ou prata no boxe masculino até 75kg, com Hebert Conceição

BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
Publicidade
Publicidade