PUBLICIDADE

Mulheres batem recorde de pódios em uma edição de Olimpíada

Oito conquistas na Tóquio-2020 superam desempenho dos Jogos de Pequim, em 2008, com sete; número pode aumentar nas próximas competições

4 ago 2021 07h40
| atualizado em 25/8/2021 às 10h05
ver comentários
Publicidade

As atletas olímpicas do Brasil conquistaram até aqui oito medalhas nos Jogos de Tóquio, o melhor desempenho do país na história. Rayssa Leal (skate), Rebeca Andrade (duas, ginástica), Mayra Aguiar (judô), Bia Ferreira (boxe), Ana Marcela Cunha (maratona aquática), Martine Grael/Kahena Kunze (vela) e a dupla de tênis Luisa Stefani e Laura Pigossi. A boxeadora Bia Ferreira é a única que não sabe a cor de sua medalha porque ainda vai disputar a semifinal, mas já tem o bronze garantido.

Ana Marcela Cunha
Ana Marcela Cunha
Foto: Leonhard Foeger / Reuters

O melhor aproveitamento das brasileiras em Olimpíadas havia sido em Pequim-2008, com sete medalhas: Maurren Maggi (atletismo, ouro), vôlei de quadra (ouro), futebol (prata), Ketleyn Quadros (judô, bronze), Natália Falavigna (taekwondo, bronze), Fernanda Oliveira/Isabel Swan (vela, bronze) e revezamento 4x100m atletismo (Rosemar Coelho Neto, Lucimar de Moura, Thaissa Presti, Rosângela Santos, bronze).

Outros recordes por mulheres foram batidos na atual edição dos Jogos. Rebeca Andrade se tornou a primeira ginasta brasileira a conquistar o ouro e a primeira atleta do país a ganhar duas medalhas em uma única edição dos Jogos. A dupla Luisa Stefani e Laura Pigossi surpreenderam e conquistaram a primeira medalha da história do tênis brasileiro.

Além disso, a judoca Mayra Aguiar venceu sua terceira medalha olímpica (Londres 2012, Rio 2016 e Tóquio 2020) e se tornou a atleta com mais medalhas pelo Brasil, igualando Fofão, do vôlei (Atlanta 1996, Sydney 2000 e Pequim 2008).

As primeiras medalhas olímpicas de atletas brasileiras ocorreram apenas nos Jogos de Atlanta, em 1996. A final do vôlei de praia feminino reuniu duas duplas do país. Enquanto Jaqueline Silva e Sandra Pires levaram o ouro, Monica Rodrigues e Adriana Samuel ficaram com a prata. Ainda nessa edição, o basquete feminino conquistou a prata e o vôlei de quadra ganhou o bronze.

Estadão
Publicidade
Publicidade