PUBLICIDADE

Brasil é prata com Rebeca e bronze com Mayra; vôlei vence

Ginasta foi a segunda colocada nesta quinta-feira e Mayra foi terceiro lugar nos Jogos Olímpicos do Japão

29 jul 2021 10h16
| atualizado às 13h22
ver comentários
Publicidade

Rebeca Andrade colocou seu nome na história do esporte olímpico. A brasileira conquistou a medalha de prata na disputa do individual geral nos Jogos Olímpicos de Tóquio. É primeira ginasta do Brasil a conseguir um pódio. 

Rebeca Andrade foi a primeira ginasta do Brasil a ganhar medalha olímpica
Rebeca Andrade foi a primeira ginasta do Brasil a ganhar medalha olímpica
Foto: Mike Blake / Reuters

Mayra é bronze

O Brasil conquistou mais uma medalha na Olimpíada de Tóquio! Nesta quinta-feira, a judoca Mayra Aguiar, da categoria até 78kg, venceu a sul-coreana Hyunji Yoon na disputa do terceiro lugar da categoria até 78kg. Com o bronze, a judoca se tornou a primeira mulher a conquistar três medalhas olímpicas pelo Brasil. Nesta quinta-feira, a brasileira também bateu Aleksandra Babintseva, do Comitê Olímpico Russo na repescagem.

Mayra Aguiar mostra medalha de bronze conquistada no judô na Olimpíada de Tóquio
29/07/2021 REUTERS/Sergio Perez
Mayra Aguiar mostra medalha de bronze conquistada no judô na Olimpíada de Tóquio 29/07/2021 REUTERS/Sergio Perez
Foto: Reuters

Mayra diz que é a maior conquista de sua vida

Nesta quinta-feira, Mayra Aguiar venceu a final do judô na categoria de até 78kg em Tóquio e conquistou a sua terceira medalha de bronze em Jogos Olímpicos. Mesmo com vasta experiência olímpica, a judoca disse após a luta que o resultado obtido no Japão é o mais especial de sua carreira, emocionando-se ao lembrar de anos difíceis.

Mayra fica emocionada com o bronze conquistado em Tóquio Júlio César Guimarães/COB
Mayra fica emocionada com o bronze conquistado em Tóquio Júlio César Guimarães/COB
Foto: Júlio César Guimarães / COB

Tradição

Mayra Aguiar sabe o que é subir em um pódio olímpico. Foi assim em 2012, em Londres, quando conquistou o bronze. O mesmo cenário se repetiu, quatro anos mais tarde, diante da torcida brasileira no Rio de Janeiro. Em Tóquio, a gaúcha, de 29 anos, mantém o que virou uma tradição: a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos.

Mayra Aguiar conquista o seu 3º bronze olímpico em Tóquio
Mayra Aguiar conquista o seu 3º bronze olímpico em Tóquio
Foto: Annegret Hilse

Graziele Sousa perde

A lutadora Graziele Sousa estreou com derrota nas Olimpíadas. Pelo peso mosca do boxe, nas oitavas de final, a brasileira perdeu para a japonesa Tsukimi Namiki.

Hebert Conceição

Hebert Conceição fez um combate muito duro na estreia da categoria dos médios (até 75kg) do boxe nos Jogos Olímpicos. Nesta quinta-feira, o brasileiro superou o chinês Erbieke Tuoheta por decisão dividida, por 3 a 2, Kokugikan Arena.

Hebert Conceição superou Tuoheta Erbieke, da China nesta quinta-feira Ueslei Marcelino/Reuters
Hebert Conceição superou Tuoheta Erbieke, da China nesta quinta-feira Ueslei Marcelino/Reuters
Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

Rafael Buzacarini eliminado

A quarta-feira marcou a estreia e eliminação de Rafael Buzacarini nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Na categoria até 100kg do judô, o brasileiro enfrentou o belga e atual campeão europeu Toma Nikiforov e se despediu após sofrer um waza-ari no Budokan.

Rafael Buzacarini cai na primeira luta e está fora dos Jogos
Rafael Buzacarini cai na primeira luta e está fora dos Jogos
Foto: Annegret Hilse

Vôlei feminino

A Seleção Brasileira segue invicta no vôlei feminino nas Olimpíadas. O Brasil venceu o Japão, nesta quinta-feira, por 3 sets a 0, pela terceira rodada. A preocupação ficou pela levantadora Macris, que sofreu uma grave torção no tornozelo e deixou a quadra de cadeira de rodas.

Macris deixa a quadra de cadeira de rodas
Macris deixa a quadra de cadeira de rodas
Foto: Valentyn Ogirenko / Reuters

Handebol feminino perde

A Seleção Brasileira feminina de handebol conheceu seu primeiro revés nos Jogos Olímpicos em Tóquio. O Brasil fez um bom jogo, mas caiu diante da Espanha e foi derrotado por 27 a 23, muito graças à atuação espetacular da experiente goleira Navarro, o grande destaque da partida no fim da noite desta quarta-feira (horário de Brasília) no Yoyogi National Stadium com defesas impressionantes.

Seleção feminina de handebol luta, mas acaba derrotada pela Espanha
Seleção feminina de handebol luta, mas acaba derrotada pela Espanha
Foto: Susana Vera

Ana Sátila fora

Depois de fazer o terceiro melhor tempo na semifinal, Ana Sátila não passou por uma das portas na final da canoagem slalom C1 em Tóquio e recebeu uma grande punição, terminando a prova na última colocação da decisão, com a marca de 164.71s.

Ana Sátila nesta quinta-feira durante competição nos Jogos Olímpicos de Tóquio Gaspar Nóbrega/COB
Ana Sátila nesta quinta-feira durante competição nos Jogos Olímpicos de Tóquio Gaspar Nóbrega/COB
Foto: Gaspar Nóbrega / COB

Scheidt cai para quarto

O bicampeão olímpico Robert Scheidt teve um dia ruim na disputa da classe laser da vela. Com colocações intermediárias nas duas regatas disputadas, o veterano perdeu uma colocação na classificação geral dos Jogos Olímpicos - caiu do terceiro para o quarto lugar.

Robert Scheidt durante competição nos Jogos Olímpicos de Tóquio nesta quinta-feira Ivan Alvarado/Reuters
Robert Scheidt durante competição nos Jogos Olímpicos de Tóquio nesta quinta-feira Ivan Alvarado/Reuters
Foto: Ivan Alvarado / Reuters

Fernanda Oliveira e Ana Barbacha vencem

A vela brasileira comemorou um bom resultado nesta quinta-feira na classe 470. Fernanda Oliveira e Ana Barbacha venceram uma das regatas disputas e subiram na classificação geral dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Fernanda Oliveira e Ana Barbacha na disputa de regata nesta quinta-feira Carlos Barria/Reuters
Fernanda Oliveira e Ana Barbacha na disputa de regata nesta quinta-feira Carlos Barria/Reuters
Foto: Carlos Barria / Reuters

Lucas Verthein fora

O brasileiro Lucas Verthein não conseguiu se classificar à final do remo e não vai disputar medalha nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O atleta do Botafogo ficou em quinto na semifinal do skiff simples, com tempo de 7min02s87. Apesar disso, ele fez a melhor campanha da história do Brasil na categoria nas Olimpíadas. Ele vai disputar a final B, que define do sétimo ao décimo segundo colocado.

Lucas Verthein alcança melhor resultado da história do Brasil no skiff simples, nos Jogos Olímpicos (Foto: COB)
Lucas Verthein alcança melhor resultado da história do Brasil no skiff simples, nos Jogos Olímpicos (Foto: COB)
Foto: LANCE!

Guilherme Costa em oitavo

O nadador Guilherme Costa terminou na oitava e última posição a final dos 800 metros livre nos Jogos Olímpicos de Tóquio, nesta quarta-feira, com o tempo de 7min53s31. A natação brasileira continua com apenas um pódio nesta Olimpíada, conquistado por Fernando Scheffer, bronze nos 200m livre.

Renato Rezende avança

Renato Rezende avançou nesta quarta-feira (manhã de quinta no horário do Japão) para as semifinais do ciclismo BMX corrida nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O brasileiro terminou na terceira colocação as três corridas que realizou neste estágio eliminatório, sendo que os quatro melhores de cada bateria se classificaram para a próxima fase da competição.

Renato Rezende está nas semifinais do ciclismo BMX (Foto: Wander Roberto / COB)
Renato Rezende está nas semifinais do ciclismo BMX (Foto: Wander Roberto / COB)
Foto: LANCE!

Ane Marcelle

Durou dois combates a participação de Ane Marcelle dos Santos na chave individual feminina do tiro com arco dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Nesta quinta-feira, a brasileira caiu diante da sul-coreana San An, na Arena de Yumenoshima. A representante asiática tinha sido a melhor da etapa classificatória. Uma das favoritas à medalha de ouro, San An derrotou Ane Marcelle por 7 sets a 1.

Ane Marcelle dos Santos durante competição nesta quinta-feira nos Jogos Olímpicos de Tóquio Clodagh Kilcoyne/Reuters
Ane Marcelle dos Santos durante competição nesta quinta-feira nos Jogos Olímpicos de Tóquio Clodagh Kilcoyne/Reuters
Foto: Clodagh Kilcoyne / Reuters

Seleção feminina de rúgbi é humilhada

O Brasil sofreu a segunda derrota do dia no torneio de rúgbi sevens feminino dos Jogos Olímpicos. Nesta quinta-feira, a equipe verde-amarela foi superada pela França por 40 a 5, em jogo disputado no Tokyo Stadium.

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade