PUBLICIDADE

Jogos de Paris

Após dez anos, Skate Run projeta expansão

Edição de 2023 da maior corrida de skate do mundo será no dia 19 de novembro, em São Paulo, com 2000 atletas

16 nov 2023 - 11h42
Compartilhar
Exibir comentários

A cidade de São Paulo receberá a Skate Run, maior corrida de skate do mundo, às 7h do próximo domingo (19). O trajeto larga e chega no Viaduto do Chá, passando perto de pontos como Vale do Anhangabaú, Avenida Ipiranga e São João e Teatro Municipal de São Paulo. Podem participar amadores e profissionais. 

Em 2023, a Skate Run completa dez anos, com provas nos anos de 2014, 2015, 2017 e 2022. São três opções de provas: família e diversão, ambas com 3 km de distância (uma volta no percurso), e competição, com 6 km (duas voltas). A organização da prova demorou meses para deixar tudo pronto. Darcio França, um dos organizadores da Skate Run, revela mais detalhes:

“A primeira edição foi em 2013, mas a gente levou cinco anos para mobilizar e planejar a prova. O maior desafio pra gente realizar a Skate Run foi a conscientização dos órgãos públicos. A percepção do skate naquela época, que é muito diferente da atual justamente por causa das Olimpíadas e dos resultados que tivemos com nossos medalhistas. Existia uma ideia distorcida de que não era possível fechar as ruas da cidade para que as pessoas pudessem andar de skate com segurança. Isso só foi possível graças a um planejamento aliado a um trabalho de conscientização junto aos órgãos públicos”, destaca Darcio.

Na categoria competição e diversão, os três primeiros colocados de cada categoria receberão troféus, e o quarto e quinto lugar, receberão medalhas. Na categoria família, os cinco primeiros colocados receberão medalhas. Para esta edição, são esperados cerca de 2 mil skatistas, e as inscrições são gratuitas e podem ser feitas neste link

Ao longo dessa década, a prova passou por lugares como o Pacaembu, Minhocão, Ibirapuera, Av. 23 de Maio, Santo André, no ABC Paulista, e o Centro Histórico de São Paulo, que foi o local a receber a corrida na última edição. A Skate Run agora sonha alto e projeta ir para outros lugares do país, democratizando ainda mais o acesso à prova.

“A Skate Run já está consolidada. Agora ela segue para próxima fase, a de se tornar um circuito, passando por outros estados, possibilitando que mais pessoas possam participar.  Queremos fortalecer a modalidade Push Racing, que é o primeiro movimento que a gente faz quando andamos de skate, e será o movimento que faremos pra sempre no skate. A cada edição, procuramos aprimorar alguma coisa, sempre baseado nas edições anteriores, seja por demanda dos participantes, ou porque identificamos algo que dá pra fazer melhor.Tudo isso é possível graças aos nossos parceiros, como a Associação Comercial de São Paulo, do vereador George Hato e do poder público, municipal e estadual”, completa França.

Inscrições e premiações

A inscrição é obrigatória para poder participar do evento. O kit de inscrições têm que ser retirados entre os dias 17 e 18 de novembro, no Mission Skateshop, na Galeria do Rock. O kit inclui um chip cronometragem e um número para o peito. O uso de capacetes é obrigatório.

Os três primeiros colocados na categoria Competição 6km (Masculino e Feminino), receberão premiação especial, assim distribuídos: R$ 3.000,00 para os vencedores, R$ 2.000,00 para os vices, e R$ 1.000,00 para os terceiros colocados.

O Skate Run foi idealizado por Fernando Batman. Skatista desde 1979, ele é pentacampeão de downhill slide e responsável pela descoberta das manobras de Nose e Tail Slides. Hoje, leva o skate apenas como diversão, mas patrocina a competição.

“Tive a ideia da Skate Run na arquibancada de uma prova da Mega Rampa. Sempre estive à frente dos Campeonatos da minha época e nunca tinha ficado com a plateia. Daí, vi o amor que os espectadores tinham por skate e pensei em fazer um evento onde os profissionais e amadores pudessem participar em conjunto. E deu certo. Para 2023, espero que a Skate Run atraia o maior número de competidores, principalmente no feminino. E que o campeão consiga patrocínios maiores”, torce Fernando.

Foto: Divulgação
On Board Sports
Compartilhar
Publicidade
Publicidade