PUBLICIDADE

Brasil fecha a primeira fase do CCE em 9º lugar

Neste fim de semana ocorreram as disputas de adestramento e nos próximos dois dias são realizadas as provas de cross country e saltos.

8 ago 2016 10h05
| atualizado às 10h20
Publicidade

Os brasileiros do hipismo terminaram as primeiras provas de CCE (concurso completo de equitação), realizada neste fim de semana, em 9o lugar. Neste fim de semana ocorreram as disputas de adestramento e nos próximos dois dias são realizadas as provas de cross country e saltos.

Conheça o local da prova de hipismo nos Jogos Olímpicos
Entenda como funcionam as disputas

Na manhã deste domingo, Ruy Fonseca montando Tom Bombadill garantiu a nota 46.80, ficando na 26ª posição geral. Marcio Carvalho Jorge, com a égua Lissy Mac Wayer, o último dos 65 conjuntos a entrar na pista, conquistou 50.00 dos juízes, ficando na 44ª posição.

"Os resultados estão dentro do nosso objetivo. A prova do adestramento não é a que vai decidir, ainda temos o cross e o salto. Hoje estamos a poucos pontos do líder, essa distância já foi bem maior, a equipe evoluiu. Essa diferença aqui significa uns 10 segundos no cross, uma falta na prova do salto. Até a última bandeira do salto, muita coisa muda. Esse é o lance do nosso esporte, você precisa ser completo nas três fases", comenta Ruy Barbosa.

Nesta segunda, as provas do cross começam às 10h e todos os competidores realizam o percurso no mesmo dia. Entre os brasileiros, Marcio Appel é o primeiro a entrar, seguido por Carlos Paro, Ruy Fonseca e Marcio Carvalho Jorge. Assim como a pontuação do adestramento, a prova de cross conta pontos para a competição por equipe e individual.

Foto: Divulgação

 

Fonte: Terra
Publicidade