PUBLICIDADE

Entorno da Arena da Amazônia tem euforia e obras a fazer

13 jun 2014 11h26
| atualizado às 12h14
ver comentários
Publicidade

A Copa do Mundo já começou, mas em Manaus a bola começa a rolar no sábado, com o duelo entre Inglaterra e Itália, às 19h (de Brasília). Para os arredores da Arena da Amazônia, o Mundial é tratado com otimismo. Enquanto outras sedes lidam com protestos e recepção modesta, a capital amazonense coloriu suas ruas, especialmente no entorno do estádio.

Casa de Rodney Malveira fica a poucos metros da Arena da Amazônia
Casa de Rodney Malveira fica a poucos metros da Arena da Amazônia
Foto: Allan Farina / Terra

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

"A gente está bem otimista trabalhando para trazer esse hexa. Todo mundo se reúne aqui na frente de casa, vamos ter uma tela grande para torcer por esse hexa", disse Rodney Malveira, técnico em telecomunicações, enquanto dava toques finais à decoração de sua casa com tecidos nas cores da bandeira nacional.

Os tons verde, amarelo, azul e branco tomam conta das ruas ao redor da Arena da Amazônia. Em vias estreitas e residenciais, o céu foi obstruído por milhares de fitas nas cores da bandeira. Muros e o asfalto também foram decorados com temas relacionados à Copa do Mudo. Em rua adjacente à avenida da Arena da Amazônia, um varal de fitas plásticas forma uma gigantesca bandeira nacional.

O entorno do estádio também conta, entretanto, com alguns problemas. Há buracos e construções inacabadas ao redor da Arena, sendo que ainda são feitas obras para deixar a rua na melhor condição possível para a Copa. Uma escada que leva jornalistas do estacionamento ao centro de imprensa só foi inaugurada nesta sexta-feira. Nada que tire a alegria do torcedor manauara.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade