PUBLICIDADE
Logo do

Grêmio

Meu time

Felipão planeja tirar Grêmio da zona de rebaixamento domingo

O técnico aposta que os atletas vão retornar aos treinos mais otimistas após o triunfo no Maracanã, por 1 a 0

20 set 2021 13h32
| atualizado às 13h32
ver comentários
Publicidade

O elenco do Grêmio folga nesta segunda e só volta aos treinos nesta terça, quando o técnico Luiz Felipe Scolari vai iniciar a preparação para o jogo contra o Athletico-PR no domingo, na Arena da Baixada, pela 22ª rodada do Brasileirão. Depois da vitória empolgante diante do Flamengo, o experiente treinador sonha com a possibilidade de tirar o time da incômoda presença na zona de rebaixamento.

Luiz Felipe Scolari dividiu os méritos da recuperação do Grêmio com os jogadores
Luiz Felipe Scolari dividiu os méritos da recuperação do Grêmio com os jogadores
Foto: Jorge Rodrigues/Agif-Agência de Fotografia / Estadão Conteúdo

Para que o time gaúcho saia das quatro últimas posições na classificação, será preciso vencer o Athletico-PR e torcer para tropeços de São Paulo, Ceará (ambos com 25 pontos cada), Santos (24), Bahia ou Juventude (23 cada). O time de Porto Alegre é o que menos partidas disputou na competição: 19.

"Se hoje estivéssemos com 20, 21 pontos, eu estaria muito feliz. Porque é dentro do organograma de ponto no primeiro turno, que se encerrou diante do Flamengo para nós. Temos 22 pontos. A gente começa a dar alguns passos e fico feliz, porque conseguimos ainda equilibrar algo que já estava muito difícil no início. Mas a vitória veio no momento certo, nos deixará com a possibilidade de uma sequência melhor", disse Felipão.

O técnico aposta que os atletas vão retornar aos treinos mais otimistas após o triunfo no Maracanã, por 1 a 0, abafando a tristeza pela eliminação na Copa do Brasil diante do próprio Flamengo, com direito à goleada sofrida na Arena.

"Acredito que (a vitória) dá um pouco mais de confiança, porque perdemos em casa por 4 a 0. Acho que aqueles dois resultados na Copa do Brasil fizeram com que tivéssemos uma postura diferente, um olhar diferente em todos momentos do jogo. Acredito que com isso a gente adquira um pouco mais de confiança nos treinos e depois nos jogos para vencer os adversários", disse Scolari.

 

 

Estadão
Publicidade
Publicidade