PUBLICIDADE

Grêmio confirma vantagem e elimina Vitória da Copa do Brasil

Gol foi marcado pelo meia Jean Pyerre e garantiu R$3,45 milhões nas contas do clube

3 ago 2021 20h56
| atualizado às 21h01
ver comentários
Publicidade
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Foto: Lance!

O Grêmio está nas quartas de final da Copa do Brasil. A equipe de Luiz Felipe Scolari derrotou o Vitória na noite desta terça-feira, 3, na Arena do Grêmio, por 1 a 0 e se confirmou sua presença na próxima fase da competição nacional. O gol foi marcado pelo meia Jean Pyerre e garantiu R$3,45 milhões nas contas do clube como premiação pela passagem de fase.

A classificação do Grêmio na Copa do Brasil foi iniciada no jogo de ida do confronto, na Bahia, quando a equipe de Felipão derrotou o Vitória por 3 a 0 e vem em um momento oposto ao vivido pelo clube no Brasileirão, já que o Imortal está na vice-lanterna da competição, com apenas sete pontos somados - seis a menos que o Cuiabá, primeiro time fora do Z4.

Garantido na próxima fase, o Imortal aguarda o sorteio - ainda sem data definida - que será realizado pela CBF para descobrir quem será o seu adversário nas quartas de final.

O adeus ao torneio nacional deixa apenas a Série B como campeonato para o Vitória disputar na sequência da temporada 2021, onde o Leão não passa por um bom momento. A equipe de Ramon Menezes está na 15ª posição da Segunda Divisão, com 13 pontos - mesma pontuação de Londrina e Cruzeiro, primeiros times dentro do Z4 da competição.

Primeiro tempo:

Os 45 minutos iniciais do jogo em Porto Alegre foi bastante truncada e de pouca criação, mas em contrapartida quando chegaram ao ataque, colocaram os goleiros Gabriel Chapecó e Lucas Arcanjo para sujar os uniformes.

Aos 15 minutos o Imortal chegou ao gol do Vitória pela primeira vez. Após boa troca de passes, Darlan achou Vanderlan dentro da área, que chutou para defesa de Lucas Arcanjo. No rebote, Ricardinho fez o gol, mas a jogada foi parada no início por impedimento do lateral.

O Vitória chegou pela primeira vez com muito perigo aos 17 minutos. Após jogada individual pela direita, Van cruzou para Samuel cabecear na cara de Gabriel Chapecó e tirar tinta do travessão do Grêmio.

Com 30 minutos de jogo o Grêmio quase chegou ao gol. Após jogada pela esquerda, Léo Pereira cruzou fechado em direção ao gol, mas parou em uma ótima defesa de Lucas Arcanjo.

Precisando de gols, o Vitória não chegou ao primeiro da partida por muito pouco aos 38 minutos com Soares. O atacante recebeu na intermediária e soltou o pé, mas a bola saiu raspando o travessão de Chapecó.

A resposta do Imortal saiu aos 40 minutos. Após jogada pela direita, Jean Pyerre finalizou duas vezes dentro da pequena área, mas não chegou ao gol, porém na segunda tentativa João Pedro travou o chute com a mão e a arbitragem marcou pênalti e expulsou o jogador do Vitória com auxílio do VAR. Na cobrança aos 46 minutos, Jean Pyerre chutou alto no canto direito para abrir o placar.

Segundo tempo:

Ainda querendo gol, o Grêmio quase chegou aos quatro minutos da etapa complementar. Após escanteio na primeira trave, a bola ficou totalmente viva dentro da área e por pouco não saiu o segundo do Imortal.

Aos 11 minutos a sorte ajudou o Vitória. Após mais uma cobrança de escanteio pela direita, Lucas Arcanjo socou a bola, que bateu nas costas de Ricardinho e parou no travessão da equipe visitante.

Doido para ampliar o placar, o Grêmio chegou novamente aos 12 minutos. Em ótimo contra-ataque, Jean Pyerre carregou desde o meio-campo e soltou uma bomba da entrada da área e obrigou o goleiro do Vitória a voar no canto direito e evitar o gol.

De tanto apertar, o Grêmio finalmente chegou ao segundo gol, mas foi anulado pela arbitragem. Aos 19 minutos, Léo Pereira recebeu em profundidade, invadiu a área e chutou para dentro do gol, mas o atacante estava em posição irregular.

Aos 29 minutos o goleiro Lucas Arcanjo voltou a trabalhar. Após cobrança de escanteio curto, Thiago Santos recebeu de Jean Pyerre, carregou e soltou uma bomba e obrigou o arqueiro a voar no ângulo esquerdo para tirar a bola da direção da meta.

Lance!
Publicidade
Publicidade