1 evento ao vivo

Vasco não vai ter concentração integral na pré-temporada

12 dez 2017
12h58
atualizado às 12h58
  • separator
  • 0
  • comentários

Os jogadores do Vasco não vão mais precisar se distanciar de seus familiares no mês de janeiro para fazerem a pré-temporada. Pelo menos não aqueles que têm parentes morando no Rio de Janeiro. Isso porque a diretoria, em comum acordo com a comissão técnica e com o próprio plantel, decidiu que os trabalhos ao longo do mês de janeiro acontecerão na capital carioca mesmo.

O Vasco vai alugar por dez dias um centro de treinamento na região da Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade. Logo depois, vai fechar um pacote com um hotel para que os jogadores possam descansar nele na hora do almoço, entre um treino e outro.

"O nosso pensamento é o de evitar deslocamentos muito grandes para os jogadores e tornar a pré-temporada ainda mais eficiente. Estamos trabalhando em conjunto com a comissão técnica para encontrarmos as melhores opções", disse o vice-presidente de futebol do Vasco, Eurico Brandão.

Os jogadores se reapresentarão em 3 de janeiro e depois realizarão exames médicos. Em seguida começam os períodos de treinos e alguns amistosos. O clube não quis disputar o torneio Flórida Cup, nos Estados Unidos, por uma questão de logística.

Em termos de negociações, o clube espera fechar ainda esta semana a contratação do volante argentino Leandro Desábato, de 27 anos, que está deixando o Vélez Sarsfield. O contrato do atleta com o clube platino chega ao fim em 31 de dezembro, mas ele é esperado no Brasil nesta quarta-feira para a realização de exames médicos. Martin Sendoa, empresário do atleta, já acertou as bases salariais com Eurico Brandão, o Euriquinho, vice-presidente de futebol do Cruz-Maltino. A chegada de Desábato conta com o apoio do técnico Zé Ricardo.

ELEIÇÃO: Na noite de segunda-feira foi divulgado o laudo pericial feito na urna 7 em ação que corre na 52ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A polêmica urna, que deu a virória a Eurico Miranda no pleito do mês passado, está sendo contestada na justiça pelo candidato Julio Brant, que teria vencido a eleição se esta urna tivesse sido desconsiderada.

Pelo laudo não há comprovação de pagamento dos sócios envolvidos. O documento, assinado por Luiz Alberto de Azevedo Leite, é tratado como chave para um posicionamento da Justiça, o que deve acomntecer até a próxima semana.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade