1 evento ao vivo

Valverde despista sobre escalação de Arthur e diz que Vinicius Jr. 'desequilibra'

Técnico do Barcelona enche a bola do atacante do Real Madrid antes do clássico válido pela Copa do Rei

26 fev 2019
17h22
  • separator
  • comentários

O técnico Ernesto Valverde fez mistério sobre a possibilidade de Arthur retornar ao Barcelona no clássico diante do Real Madrid, pela Copa do Rei. O brasileiro se recupera de lesão e pode ser uma das novidades do time catalão para a partida desta quarta-feira, no Santiago Bernabéu, pela semifinal do torneio.

"Ele (Arthur) está melhor. Precisamos valorizá-lo agora. Não é a partida para a qual pensava que estaria disponível, talvez para sábado. É um jogador diferente dos outros, cada um traz algo diferente. É um grande jogador e nos traz muitas coisas, mas ficou de fora e a equipe fez grandes partidas. Em outras, quando ele está, também jogamos bem. Se não jogar, outros o substituirão. Não daremos desculpas", declarou nesta terça.

Arthur vive fase final de recuperação de uma lesão no bíceps femoral da perna esquerda e está afastado há cerca de três semanas. A expectativa inicial era de até um mês de desfalque, mas o brasileiro se recuperou bem, participou dos últimos treinos e pode ficar à disposição nesta quarta.

Outro brasileiro que pode estar em campo é Vinicius Junior, que desperta a atenção de Valverde. O atacante foi um dos principais destaques da partida de ida, no Camp Nou, e foi elogiado pelo treinador do time catalão, que, no entanto, descartou um esquema especial para tentar pará-lo.

"O Vinicius Junior não vai mudar a minha formação, mas é um jogador que desequilibra. Tem autoconfiança, velocidade. Mas se não jogar, eles têm o Asensio, o Isco, o Bale...", apontou o treinador.

No confronto de ida, o Real saiu de campo com o 1 a 1, o que permite que fique com a vaga na final até em caso de empate sem gols nesta quarta. A vantagem, portanto, é madrilenha, mas Valverde garantiu que o confronto está "aberto".

"É uma semifinal, um clássico e uma partida importante. Será complicado, temos um placar que não é o que gostaríamos de início, mas a eliminatória está aberta e ainda a ser decidida. Sabemos que é um grande rival. Esperamos passar de fase, assim como eles esperam", afirmou.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade