PUBLICIDADE

Torcedor do Boca comete suicídio após vice na Libertadores

Marcelo, de 23 anos, se suicidou horas depois da partida no Maracanã

6 nov 2023 - 00h01
Compartilhar
Exibir comentários
Mãe de Marcelo segurando a camisa do Boca (Reprodução/Crónica TV)
Mãe de Marcelo segurando a camisa do Boca (Reprodução/Crónica TV)
Foto: Esporte News Mundo

Marcelo Morales, policial de Buenos Aires e fanático pelo Boca Juniors, se suicidou após a derrota por 2 a 1 para o Fluminense na final da Libertadores. O incidente aconteceu horas depois da partida no Maracanã, de acordo com seus familiares. Neste domingo, o torcedor foi encontrado pelo pai e o irmão sem vida em cima da cama.

Em depoimento à Crónica TV, da Argentina, Verônica, mãe de Marcelo, garantiu que o suicídio tinha relação com o vice do Boca no dia anterior. Em meio à tristeza, ela afirma que o filho havia ficado abatido com a derrota porque era fanático pelo time, mas que não imaginava que chegaria a tirar sua própria vida.

- Ele era um torcedor fanático pelo Boca. Se perdia, estava mal, ficava triste. Dizia sempre que o Boca era o maior de todos. Ele se matou por isso. Agora eu não tenho mais ele e não há nenhum jogador que tenha demonstrado algum pêsame - disse a mãe, que ainda completou:

- Não pensava que meu filho chegaria ao ponto de se matar. Tem algumas semanas que ele disse ao pai "se o Boca não vencer no dia 4 de novembro eu me mato". Pensamos que ele estava fazendo uma piada, mas não. Que os jovens pensem nas consequências e em suas famílias - concluiu.

+ Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram

Marcelo tinha apenas 23 anos e se suicidou em sua casa, na rua Arturo de Bassi, no bairro Don Orione, localizado na zona sul da Região Metropolitana de Buenos Aires.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade