0

Inter reprova atitude de D'Alessandro: "é pago para jogar"

Meia se manifestou contra a realização da Liga Sul-Minas-Rio

21 jan 2016
11h11
atualizado em 27/1/2016 às 12h58
  • separator
  • 0
  • comentários

Ídolo do Inter, o meia Andrés D’Alessandro se mostrou contra a realização da Primeira Liga, alegando que o calendário ficaria inchado para os jogadores. A postura, no entanto, não agradou a diretoria do Internacional, que logo após o que foi dito pelo argentino, se manifestou repreendendo a opinião de seu camisa 10.

"Não cabe a um jogador tomar posição favorável ou não em relação a uma decisão da instituição. Isso é algo do clube e não do jogador. Vou falar com o D'Alessandro. Um jogador é pago para jogar futebol, não para dizer se é contra ou favor de uma competição", afirmou Carlos Pellegrini, vice-presidente do Internacional.

D'Alessandro afirmou que Primeira Liga vai sobrecarregar calendário
D'Alessandro afirmou que Primeira Liga vai sobrecarregar calendário
Foto: Jeferson Guareze / Futura Press

A declaração do jogador foi dada na saída do gramado na última quarta-feira, logo após o jogo entre Inter e Fluminense pela Copa Florida que acabou em 1 a 0 para o clube gaúcho. O argentino confessou sua torcida para que a Primeira Liga não saia do papel e deixe de acontecer, por reprovar a alta quantidade de jogos que a competição traria ao calendário.

Mesmo sem agradar D’Alessandro, o Internacional tem data marcada para estar na Primeira Liga: Será no dia 27 de janeiro contra o Coritiba, no estádio do Beira-Rio.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade