0

Stuttgart e Union Berlin empatam no 1º jogo do playoff do rebaixamento no Alemão

16º da primeira divisão alemã e o 3º da segundona fazem playoff por vaga na elite

23 mai 2019
18h04
  • separator
  • comentários

Com muita disposição e empenho, Stuttgart e Union Berlin empataram por 2 a 2, nesta quinta-feira, no primeiro duelo do playoff do rebaixamento do Campeonato Alemão. As duas equipes voltam a se enfrentar na segunda-feira, em Berlim.

O Stuttgart terminou em 16º lugar na primeira divisão desta temporada, enquanto o Union Berlim ficou em terceiro lugar na segunda divisão. O vencedor do confronto garante uma vaga na próxima edição do campeonato. A equipe de Berlim tenta o feito inédito de jogar a primeira divisão.

O grande destaque do jogo foi o goleiro Zieler, com pelo menos três grandes defesas. Ao final da partida, era visível o desânimo dos jogadores e dos 58.619 torcedores que compareceram à Mercedes-Benz Arena. Já a equipe do Union Berlin festejou com moderação o empate e a possibilidade de decidir a vaga na elite do futebol alemão em casa, onde sua torcida garantiu uma média de 20 mil torcedores por jogo na última temporada.

Os melhores momentos da primeira etapa foram registrados nos últimos minutos. O Stuttgart abriu o placar após uma grande arrancada de Anastasios Donis pela direita. O cruzamento foi preciso e o chute de Gentner melhor ainda: 1 a 0, aos 41 minutos.

O empate do Union Berlin surgiu na saída de bola. Aos 42, o sueco Andersson escorou um chutão que veio da zaga e o nigeriano Abdullahi mostrou habilidade incomum para dominar a bola e bater com categoria.

No segundo tempo, o time da casa voltou a ficar na frente do placar com um belo gol do veterano Mario Gomez, aos seis minutos. O atacante partiu de seu campo e levou sorte na finalização, que desviou em Friedrich e enganou o goleiro Gikiewicz.

O segundo empate do Union Berlin veio aos 22 minutos, com uma bela cabeçada de Friedrich. Desmarcado, o camisa 5, na marca do pênalti, quase não precisou saltar para fazer 2 a 2.

Daí em diante, o nervosismo tomou conta do Stuttgart, que só não perdeu o jogo por causa da grande atuação de Zieler, autor de belas defesas. Em duas oportunidades, ambas com Andersson, o goleiro mostrou elasticidade para mandar a bola para escanteio.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade