PUBLICIDADE

São Paulo tenta minimizar desempenho ruim entre os visitantes diante do Atlético-MG

Tricolor busca amenizar pior campanha como visitante na história dos pontos corridos contra um postulante ao título

2 dez 2023 - 08h08
(atualizado às 14h16)
Compartilhar
Exibir comentários
(
(
Foto: Nilton Fukuda / saopaulofc.net / Esporte News Mundo

O São Paulo enfrenta o Atlético Mineiro neste sábado (2), às 21h (horário de Brasília), no Mineirão (MG), em jogo válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com uma campanha pífia longe do Morumbi no Brasileirão (19° lugar entre os visitantes), o Tricolor busca a vitória para subir uma posição entre as campanhas visitantes. Para isso, deve vencer o Galo e torcer por uma derrota do Fluminense diante do Palmeiras, no Allianz Parque. São apenas 11 pontos ganhos em 18 jogos fora, com um aproveitamento melhor apenas que o do América-MG, lanterna no quesito e no campeonato.

FATOR CASA ATLETICANO

O clube mineiro, depois de mandar 9 jogos na sua nova casa, a Arena MRV, volta a mandar um jogo no estádio do Mineirão, já que a nova arena estará em preparação para receber o show de Paul McCartney.

Evitar o confronto diante do Atlético-MG na Arena MRV pode ser uma boa notícia para o Tricolor, visto que o desempenho do Galo na nova casa é muito bom. O aproveitamento dos comandados de Felipão no primeiro turno, quando mandou jogos no Mineirão e no Independência, foi de apenas 44,44%, com 12 pontos ganhos em 9 jogos. Já no segundo turno, com a força da nova casa, o aproveitamento saltou para 78%, tendo conquistado 21 pontos em 9 partidas.

Leia as notícias do Atlético Mineiro

Leia as notícias do São Paulo

COMO CHEGAM AS EQUIPES

O São Paulo conseguiu, finalmente, quebrar o tabu de não vencer fora de casa no Brasileirão. Em sua penúltima oportunidade, o Tricolor venceu o Bahia na Fonte Nova pelo placar de 1 a 0. O gol foi de Caio Paulista aos 52 minutos do segundo tempo. Após atingir os 50 pontos e se salvar matematicamente do rebaixamento, o clube paulista chega sem maiores obrigações para o confronto, posto que já está classificado para a Libertadores de 2024 após ter vencido a Copa do Brasil.

O Atlético Mineiro, por outro lado, vê o jogo como uma final. O Galo vem de uma ótima sequencia de 3 vitórias seguidas, sendo a última delas um 3 a 0 contundente contra o Flamengo, no Maracanã (RJ). Os mineiros estão 3 pontos atrás do líder Palmeiras a 2 jogos do fim da competição. Mesmo que o troféu não venha, somar pontos é importante por conta da briga pelo G-4. De qualquer forma, o Atlético está garantido entre os 6 melhores do Brasileirão e já está classificado para a próxima edição da Libertadores. Mas o sonho do título segue vivo.

PRIMEIRO TURNO

O duelo do primeiro turno terminou em 2 a 0 para o Galo, no Morumbi (SP). Hulk, com uma falta de muito longe, e Pavón, de penalti, marcaram para os alvinegros. Esse jogo ficou marcado pela apresentação dos craques Lucas Moura e James Rodríguez, além da nova camisa 3 para a torcida são-paulina.

RETORNOS E BAIXAS

O técnico Felipão deve ter problemas para escalar a defesa atleticana. Saravia e Mauricio Lemos saíram do jogo passado sentido dores na coxa esquerda. Jemerson é baixa por suspensão. Bruno Fuchs se recupera de lesão e também deve desfalcar o time. Os problemas na zaga devem abrir espaço para Réver, que deve fazer sua última partida em Belo Horizonte antes de se aposentar. O volante Battaglia, que está se recuperando de uma lesão no joelho direito, também está fora de combate. Eduardo Vargas está em processo de transição física e é dúvida para o confronto.

Dorival Júnior terá 7 desfalques para escalar o São Paulo. Erison cumpriu suspensão e deve ser relacionado. Sendo assim, o elenco não tem nenhum jogador fora por suspensão, sendo todas as baixas por questões físicas. A mais recente delas foi a lesão de James Rodríguez às vesperas do confronto diante do Bahia. O colombiano teve um estiramento na panturrilha direita e provavelmente não atuará mais em 2023.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Atlético Mineiro: Everson, Mariano, Igor Rabello, Réver (Lemos) e Guilherme Arana; Otávio, Edenilson, Zaracho e Igor Gomes; Paulinho e Hulk. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Desfalques: Jemerson (suspensão); Bruno Fuchs e Rodrigo Battaglia (lesões).

São Paulo: Rafael, Rafinha, Arboleda, Beraldo e Caio Paulista; Pablo Maia, Alisson, Michel Araújo e Wellington Rato (Luciano); Lucas e Juan. Técnico: Dorival Júnior.

Desfalques: Alexandre Pato, Calleri, Galoppo, Igor Vinícius, James Rodríguez, Marcos Paulo e Rodrigo Nestor (lesões).

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade