PUBLICIDADE

Rogério Ceni adota 'dois pesos e duas medidas' no Flamengo

Ele criticou abertamente Pedro e poupou Gabigol e Gerson em manifestações idênticas desses jogadores que se irritaram quando substituídos

24 jun 2021 12h26
| atualizado às 13h43
ver comentários
Publicidade

“Dois pesos e duas medidas” é uma expressão popular que está em evidência no Flamengo, notadamente por causa da reprimenda pública do técnico Rogério Ceni ao atacante Pedro, que reclamou bastante ao ser substituído do jogo com o Fortaleza, nessa quarta (23), no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro.

“Acho uma cena lamentável. Não cabe mais no futebol”, declarou Ceni.

Rogério Ceni se envolve em polêmica no Flamengo com Pedro (Foto: Divulgação/ Alexandre Vidal)
Rogério Ceni se envolve em polêmica no Flamengo com Pedro (Foto: Divulgação/ Alexandre Vidal)
Foto: Gazeta Esportiva

Contrariado com a saída de campo, durante o segundo tempo, para dar vez a Rodrigo Muniz, Pedro manifestou sua irritação com gestos flagrados pelas câmeras. Deu um chute num copo de água antes de se sentar no banco de reservas, de onde atirou para longe a caneleira.

Não se tratou de um fato isolado no Flamengo. Por pelo menos três vezes, desde o ano passado, já com Rogério Ceni no equipe, o titular Gabigol teve reações bem semelhantes, ao ser barrado do time ou substituído, também diante do técnico, que preferiu ficar calado ou contemporizar.

Até o meia Gerson, que se despediu do Flamengo na partida contra o Fortaleza, também expôs recentemente seu inconformismo por decisão idêntica de Ceni. De novo, o treinador não criticou seu comandado.

Papo de Arena Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. 
Publicidade
Publicidade