PUBLICIDADE

Mundial de Clubes

Mundial de Clubes: imprensa inglesa ignora final entre Fluminense e Manchester City

Atenções dos jornais locais estão voltadas para a Copa da Liga Inglesa e premiação da BBC

20 dez 2023 - 13h09
Compartilhar
Exibir comentários

A decisão do Mundial de Clubes está tomando conta dos assuntos nas redes sociais, jornais e, principalmente, entre os torcedores no Brasil. O Fluminense tem a chance de conquistar o topo do mundo pela primeira vez, decidindo a competição contra o Manchester City na sexta-feira (22).

Foto: Lance!

Porém, o entusiasmo demonstrado pelos brasileiros não é o mesmo visto na Inglaterra. Tabloides locais dão pouca atenção à disputa e até diminuem o peso devido aos adversários serem pouco conhecidos.

O "Mirror", por exemplo, colocou na capa de seu site a premiação entregue à goleira Mary Earps. Uma das melhores arqueiras do mundo, Earps recebeu da BBC o troféu de Personalidade Esportiva do Ano de 2023.

O "The Athletic" foi além. A capa do site mostra em prioridade máxima a demissão de Steve Cooper no Nottingham Forest, além de notas relacionadas ao sucesso de Unai Emery no Aston Villa e a realização do Super Mundial de 2025 nos Estados Unidos. Porém, somado à pouca atenção, o jornal também ironizou a competição.

- Se há um troféu em jogo, então Pep Guardiola quer ganhá-lo. Mas olha, qual treinador de futebol seria diferente? Já sabemos o que fazer: no Reino Unido, o Mundial de Clubes significa muito pouco. Fazemos os mesmos movimentos com o Community Shield todo mês de agosto e que reúne os vencedores das duas maiores competições da Inglaterra, então imagine nosso esnobismo quando equipes de… olhe... da Nova Zelândia estão participando! A ideia original teria feito muito sentido, mas as equipas europeias dominam o Mundial há anos, ao ponto de o troféu parecer apenas algo brilhante para levar de volta ao Velho Continente - disparou o tabloide.

Por fim, o "The Guardian" publicou um artigo ranqueando os melhores jogadores jovens do mundo, além de destaques do futebol inglês. No site, há um pequeno espaço para uma nota sobre o Mundial de Clubes: uma fala de Rodri alertando para a atenção à partida.

Apesar da prioridade no Reino Unido ser mínima, Pep Guardiola é um viciado nato em troféus, e já manifestou desejo de querer conquistar o torneio.

- Queremos o título. O Urawa fez um jogo muito duro. Agora temos que nos recuperar para decisão. Uma final nunca é fácil. Todo mundo tem que estar bem, pois queremos mostrar nossa melhor versão - afirmou o comandante espanhol, após o triunfo sobre o Urawa Red Diamonds por 3 a 0.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade