PUBLICIDADE

Google lança museu virtual sobre futebol feminino no Brasil

Plataforma 'Museu do Impedimento' recolhe arquivos sobre a prática do esporte por mulheres no país

24 mai 2019 12h31
| atualizado às 14h35
ver comentários
Publicidade

A Google e o Museu do Futebol de São Paulo se uniram para reconstruir a história do futebol feminino no Brasil. Proibida por lei durante 40 anos, a prática do esporte por mulheres tem poucos registros.

Por meio de uma plataforma colaborativa, o Google quer construir um museu virtual com arquivos pessoais sobre o futebol feminino no país.

Foto: TecMundo

Os vídeos, fotos, áudios e imagens enviados passarão por uma curadoria do Museu do Futebol, que desde 2015 busca por arquivos que ajudem a montar uma linha do tempo sobre a prática do esporte por mulheres no Brasil.

O sistema criado pela Google se chama "Museu do Impedimento" e recolhe e exibe os arquivos enviados. O site foi lançado na última sexta-feira (17) e receberá colaborações até o dia 23 de junho. Depois, o material ficará disponível na plataforma Google Arts&Culture.

História

Os primeiros registros do futebol feminino no Brasil são do começo do século XX. Já a primeira seleção feminina foi criada apenas muito tempo depois, em 1988, para um Mundial experimental da Fifa.

Além de um preconceito cultural existente na prática do esporte por mulheres, a popularização do futebol feminino foi prejudicada pela lei 3.199 de 14 de abril de 1941, que dizia que as mulheres não podiam jogar bola. A lei só saiu de vigor na década de 1980.

Acervo Museu do Impedimento
Acervo Museu do Impedimento
Foto: TecMundo

País do futebol?

A construção de uma história sólida ainda está em avanço. Apesar de brilhar com nomes como Marta e Formiga, os futebol feminino brasileiro está longe ainda de viver tempos de aceitação. O país reconhecido como um dos melhores no esporte foi ter um campeonato recorrente do esporte praticado por mulheres apenas em 2013.

O Google e o Museu do Futebol apostam que conhecendo a história, as pessoas valorizem mais a prática do esporte por mulheres no Brasil.

"Talvez conhecendo essa história, as pessoas vão conseguir entender por que o Brasil não tem nenhuma medalha de ouro em Mundial ou Olimpíada. Porque ficou 40 anos impedido. Todos têm que ter esse conhecimento", disse a atleta Michael Jackson, uma das jogadoras pioneiras do país, em entrevista ao blog Dibradoras.

Veja também:

Fãs de k-pop acampam há 3 meses por show do BTS em SP:
TecMundo
Publicidade
Publicidade