PUBLICIDADE

México e Rússia fazem confronto direto por vaga nas semifinais

23 jun 2017 20h03
| atualizado em 24/6/2017 às 13h24
ver comentários
Publicidade

Um confronto direto. Assim pode ser definida a partida entre México e Rússia, que se enfrentam neste sábado, às 12h (de Brasília), no Kazán Arena, em Kazán, na Rússia, pela última rodada do Grupo A da Copa das Confederações. Quem ganhar vai se classificar e os mexicanos, que dividem a liderança com Portugal, ambos com quatro pontos, têm a vantagem do empate.

Aos russos somente a vitória interessa, pois aparecem na terceira posição com três pontos e precisam se recuperar da derrota de 1 a 0 para os portugueses. No mesmo horário, os lusitanos encaram a Nova Zelândia, que foi derrotada pelos mexicanos por 2 a 1 no meio de semana e apenas cumpre tabela, pois segura a lanterna sem ter conseguido nem pontuar.

Apesar da vantagem, a equipe da América do Norte vai buscar o triunfo. Juan Carlos Osorio, técnico do México, descartou que sua equipe vá jogar pelo empate.

"No futebol não acredito em um time conseguir entrar em campo pensando apenas no empate, pois se isso acontecer os jogadores vão atacar de qualquer maneira e comprometer o resultado final. Portanto, vamos a campo com o pensamento de repetir a nossa maneira de atuar, que é dominar as ações, controlar o meio-de-campo, jogar e impedir que o nosso adversário consiga se impor. Vamos em busca de gols, pois são eles que vão nos garantir uma classificação contra bum time que é anfitrião e que vai causar muitos problemas", analisou o treinador mexicano.

Pelo lado da Rússia, o técnico Stanislav Cherchesov cobra tranquilidade. Mesmo com a necessidade da vitória, o comandante não quis saber de pressionar os jogadores.

"Entramos em campo afoitos contra Portugal e só conseguimos dominar as ações quando voltamos ao nosso estilo de jogo. Temos que manter equilíbrio e tranquilidade contra o México, que tem uma grande equipe", disse Cherchesov, que vai manter a base das duas primeiras partidas.

O México só terá a escalação revelada minutos antes do confronto, porém, Osorio deve promover o retorno dos oito titulares que foram preservados no duelo contra a Nova Zelândia. Quem fica de fora é o zagueiro Carlos Salcedo, que sofreu uma fratura no ombro direito.

FICHA TÉCNICA

MÉXICO X RÚSSIA

Local: Kazán Arena, em Kazán (Rússia)

Data: 24 de junho de 2017 (Sábado)

Horário: 12h(de Brasília)

Árbitro: Fahad Al Mirdasi (Arábia Saudita)

MÉXICO: Guillermo Ochoa, Diego Reyes, Oswaldo Alanís, Hector Moreno e Miguel Layún; Hector Herrera, Jonathan dos Santos e Andrés Guardado; Carlos Vela, Raúl Jimenez e Chicharito Hernández

Técnico: Juan Carlos Osorio

RÚSSIA: Igor Akinfeev, Viktor Vasin, Fyodor Kudriashov, Roman Shishkin e Aleksandr Samedov; Denis Glushakov, Aleksandr Golovin, Ruslan Kambalov e Yuri Zhirkov; Aleksandr Bukharov e Fyodor Smolov

Técnico: Stanislav Cherchesov

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade