0

River tem retrospecto ruim com Fla e Grêmio na Libertadores

23 out 2019
11h11
  • separator
  • 0
  • comentários

O retrospecto do River Plate contra Flamengo e Grêmio na Libertadores não é dos melhores. Finalista da competição, ao deixar para trás o rival Boca Juniors, o time de Buenos Aires já jogou quatro vezes com os cariocas e outras quatro contra os gaúchos. Nesse total de oito partidas, pela Libertadores, só venceu uma vez – em jogo com o Grêmio.

Duelo River x Flamengo pela Libertadores de 2018
Duelo River x Flamengo pela Libertadores de 2018
Foto: André Mourão/Agif / Gazeta Press

Em outubro de 1982, pela semifinal do torneio, fase composta por dois grupos de três times, o Flamengo foi ao Monumental de Nuñez e venceu o River por 3 a 0, com show de Zico e Nunes. No jogo de volta, no Maracanã, em novembro, outra vitória convincente: 4 a 2, com ótima atuação de Júnior, Tita e também de Zico.

Houve ainda dois empates nesse confronto entre River e Flamengo pela Libertadores (2 a 2, no Engenhão, em fevereiro do ano passado; e 0 a 0, em maio do mesmo ano, de novo no Monumental de Nuñez, ambos pela fase de grupos).

Contra o Grêmio, a vida do River também é complicada. Nas quatro vezes que se enfrentaram pela Libertadores, a equipe brasileira obteve três vitórias – a única derrota se deu em 30 de outubro do ano passado, em Porto Alegre, na partida que o River venceu por 2 a 1 e garantiu presença na final.

Uma semana antes, em Buenos Aires, o Grêmio derrotara o River por 1 a 0. Mas, como os argentinos fizeram dois gols no Sul, classificaram-se para a decisão por causa do número de gols marcados fora de casa.

Já em 2002, quando se cruzaram duas vezes pelas oitavas de final da Libertadores, o Grêmio sapecou duas vitórias expressivas sobre o River: 4 a 0 em seu campo, com bela atuação de Rodrigo Mendes e Zinho; e 2 a 1, na capital argentina.

Flamengo e Grêmio decidem nesta quarta, no Maracanã, quem vai disputar o título da Libertadores, em partida única que será realizada em Santiago, no Chile, em 23 de novembro.

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade