0

Joguem por eles! Flamengo enfrenta o Grêmio para retribuir apoio da Nação

No Maracanã, o time de Jorge Jesus encerra sua participação nesta edição da Copa como mandante. Diante do Grêmio, está em jogo a vaga na final da Libertadores, em Santiago

23 out 2019
05h02
atualizado às 05h02
  • separator
  • 0
  • comentários

Enfim, chegou o momento aguardado pela Nação há tantos anos. Às 21h30, a bola rola para Flamengo e Grêmio, no histórico gramado do Maracanã, por uma vaga na decisão da Libertadores, a ser disputada em 23 de novembro, em Santiago, no Chile. Assim, será a última vez que grande parte dos torcedores do Flamengo poderão assistir e apoiar o time de Jorge Jesus na Copa. Será pelos mais de 60 mil presentes no estádio - e pelos milhões ao redor do mundo - que os jogadores do Rubro-Negro entrarão em campo e buscarão a classificação.

Sinergia entre torcida e time é trunfo do Flamengo no Maracanã (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Sinergia entre torcida e time é trunfo do Flamengo no Maracanã (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Foto: Lance!

Nesta edição da Copa, o Flamengo levou mais de 325 mil torcedores ao Maraca - o confronto com o Grêmio será o sexto como mandante. São quatro vitórias (LDU-EQU, San José-BOL, Emelec-EQU e Internacional) e uma derrota (Peñarol-URU), com 13 gols marcados e três sofridos. O retrospecto é positivo e aumenta a confiança na vaga - tanto por parte da Nação quanto por parte dos jogadores.

- Eles sabem que o Maracanã é nossa casa, eles sabem que gostamos de tomar a iniciativa no nosso campo e ter a torcida ao lado. Quando une isso tudo, não é impossível, mas é difícil vencer a gente. Os jogadores se sentem confiantes no Maracanã. É um jogo que pode acontecer de tudo - disse o goleiro Diego Alves.

A partida entre Flamengo e Grêmio terá transmissão em Tempo Real do site do LANCE! a partir das 18h. Com o empate em 1 a 1 na Arena, em Porto Alegre, a igualdade sem gols dará a classificação ao time de Jorge Jesus. Quem vencer, avançar e, em caso de empate a partir do 2 a 2 o Tricolor vai à grande final. A definição por pênaltis só acontecerá em caso de repetição do placar da ida.Os resultados recentes, a evolução do time e o desempenho atingido sob o comando do técnico Jorge Jesus evidenciam que o Flamengo está preparado para disputar a decisão da Copa Libertadores pela segunda vez na história. A primeira foi em 1981, quando o Rubro-Negro, de Zico, conquistou a Taça em disputa com o Cobreloa, do Chile. Após dois empates, o desempate aconteceu em Montevidéu e, com dois gols do Galinho, o Flamengo sagrou-se campeão.

Foi ainda na década de 80 que o time da Gávea alcançou às semifinais da Copa Libertadores, que era disputada em outro formato: dois grupos de três eram formados e os melhores clubes de cada chave iam para final. O Flamengo caiu diante de Grêmio e Universidad de Los Andes, da Venezuela, em 1984, e contra os uruguaios do Peñarol e os argentinos do River Plate, dois anos antes, em 82.

O respeito à história do Grêmio - e ao que este time de Renato Gaúcho já fez - existe - e mostra o tamanho do desafio do Flamengo. Os gaúchos foram tricampeões da Libertadores em 2017 (já haviam vencido em 1983 e 1995), além de terem chegado às decisões em 1984 e 2007. Além disso, o Tricolor também alcançou a fase das semifinais da Copa em 1996, 2002, 2009 e 2018.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade