PUBLICIDADE

Nos pênaltis, América-MG bate Barcelona vai à fase de grupos

No tempo normal, empate em 0 a 0. Nas penalidades, vitória do Coelho por 5 a 4 com Jailson brilhando durante o jogo e nas penalidades

15 mar 2022 - 23h58
(atualizado em 16/3/2022 às 00h04)
Ver comentários
Publicidade

O América-MG fez história e, pela primeira vez, está classificado para a fase de grupos da Libertadores. Na noite desta terça-feira, a equipe mineira enfrentou o Barcelona de Guayaquil, no Equador, pela partida de volta da terceira fase da Pré-Libertadores. No tempo normal, empate em 0 a 0. Nas penalidades, vitória do Coelho por 5 a 4 com Jailson brilhando durante o jogo e nas penalidades.

Classificado para a fase de grupos da Copa Libertadores, o Coelho aguarda o desfecho de todas as partidas da terceira fase do classificatório para que, no dia 25 de março, conheça os adversários de seu grupo na competição através de sorteio da Conmebol.

Agora, antes disso, o América-MG volta a focar na disputa do Campeonato Mineiro. A próxima partida da equipe pela competição será frente ao Tombense, às 16h30 (de Brasília) do próximo sábado, em seus domínios.

No tempo normal, empate em 0 a 0. Nas penalidades, vitória do Coelho por 5 a 4 com Jailson brilhando durante o jogo e nas penalidades. (Divulgação /América MG)
No tempo normal, empate em 0 a 0. Nas penalidades, vitória do Coelho por 5 a 4 com Jailson brilhando durante o jogo e nas penalidades. (Divulgação /América MG)
Foto: Lance!

O jogo - O primeiro tempo foi de domínio da equipe da casa, que teve a posse da bola e as melhores chances para abrir o marcador. Jailson, goleiro do Coelho, foi muito exigido na etapa e se saiu bem. Porém, a equipe mineira melhorou nos minutos finais e conseguiu segurar o ímpeto do adversário.

Na segunda etapa, o América-MG voltou mais atento e, nos primeiros minutos, controlou mais a bola, mas logo o Barcelona voltou a crescer. Mais uma vez, o Coelho contou com Jailson, em mais uma defesa espetacular, desta vez em chute à queima roupa de Martínez.

Ainda assim, o Coelho teve suas chances. Aos 29 minutos, a equipe puxou ataque pelo lado direito e Pedrinho fez bom cruzamento para cabeceio de Alê, mas a bola passou rente à trave esquerda de Burrai.

O goleiro do Barcelona ainda seria importante para sua equipe. Aos 40 minutos, Zé Ricardo arriscou de longe e obrigou linda defesa para mandar a escanteio. Nos minutos finais do tempo regulamentar, os brasileiros cresceram e tiveram mais algumas chances, mas não aproveitaram.

Com o 0 a 0 no placar, a partida se encaminhou às penalidades. Nas cobranças, melhor para o América-MG, com o goleiro Jailson voltando a brilhar para defender pênalti de Leonel Quiñonez, na única cobrança desperdiçada

5 a 4 no placar e América-MG, pela primeira vez em sua história, classificado à fase de grupos da Libertadores.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade