5 eventos ao vivo

Fifa anuncia premiação 'The Best' para o dia 17 de dezembro

Cerimônia será realizada de forma virtual nesta temporada por conta da pandemia de coronavírus

20 nov 2020
17h21
atualizado às 17h35
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Fifa anunciou nesta sexta a data da sua premiação 'The Best' para os melhores da temporada: a cerimônia ocorrerá no dia 17 de dezembro, de forma virtual, como forma de evitar transmissões do coronavírus. A votação começará na próxima quarta, dia 25, e terminará no dia 9 de dezembro.

Em seu site oficial, a Fifa afirmou que é importante homenagear tais conquistas num ano extraordinário em que houve "uma combinação de trabalho árduo e solidariedade" para que o "futebol tenha sido uma fonte rara de conforto e alegria para muitos".

Principais jogadores de futebol de 2019 alinhados na premiação Fifa The Best, em Milão 
23/09/2019
REUTERS/Flavio Lo Scalzo
Principais jogadores de futebol de 2019 alinhados na premiação Fifa The Best, em Milão 23/09/2019 REUTERS/Flavio Lo Scalzo
Foto: Reuters

O 'Fifa The Best' dará prêmios de melhor jogadora, melhor jogador, melhor treinador do futebol feminino, melhor treinador do futebol masculino, melhor goleira, melhor goleiro, seleção do ano masculina, seleção do ano feminina, fair play, Puskás (gol mais bonito) e um para uma história emocionante de torcedores.

Uma novidade é que neste ano os prêmios para goleiros receberão votos também de atletas, técnicos, jornalistas e torcedores, e não mais apenas de um painel especializado.

A cerimônia da Fifa será a mais importante da temporada, uma vez que a principal concorrente, a Bola de Ouro, não será entregue. A revista France Football, que entrega a Bola de Ouro, decidiu não fazer sua premiação nesta temporada, também por conta da pandemia.

No futebol masculino, o principal candidato a levar o prêmio é o atacante polonês Robert Lewandowski, do Bayern de Munique. No feminino, quem desponta é a atacante dinamarquesa Pernille Harder, que jogou no Wolfsburg até o fim da temporada 2019-20 e atualmente está no Chelsea.

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade