PUBLICIDADE

Hernandez sai do banco de reservas para garantir vitória do Milan sobre Venezia

Com a vitória, equipe de Milão empata com a rival Internazionale no topo do Campeonato Italiano

22 set 2021 18h57
| atualizado às 18h57
ver comentários
Publicidade

O Milan sofreu mais que o esperado para superar o frágil Venezia, no San Siro, em Milão, pelo Campeonato Italiano. Brilharam as estrelas do técnico Stefano Pioli e do francês Theo Hernandez. O lateral-esquerdo foi a aposta certeira do treinador no segundo tempo. Saiu do banco de reservas para dar o passe do primeiro gol e para fechar a vitória por 2 a 0.

Ainda sem Giroud e Ibrahimovic, machucados, o Milan ainda pisou no gramado do San Siro sem Plizzari, Calabria, Kjaer, Bakayoko, Krunic e Messias. Mesmo com tantas ausências, o vice-campeão italiano fez primeiro tempo melhor e, diante do um rival totalmente na defesa, até criou chances para abrir o marcador, com Kalulu e Florenzi. Mas sentiu falta de seus goleadores.

No retorno do intervalo, a equipe rubro-negra seguiu sem conseguir furar o ferrolho do Venezia. Pioli, então, resolveu mexer e acabou colhendo os frutos com tarde inspirada do ofensivo lateral-esquerdo Hernandez.

O jogador entrou aos 14 minutos da etapa final e foi logo servindo Brahim Díaz: 1 a 0. Após jogada individual do belga Saelemaekers, que enfileirou defensores do Venezia e rolou para o francês, Hernandez apenas teve o trabalho de tirar do goleiro para definir o triunfo.

O Milan subiu para os mesmos 13 pontos da Internazionale, mas perde a primeira posição no critério de desempate. Em outro jogo da rodada, o Cagliari perdeu em casa por 2 a 0 para o Empoli.

Estadão
Publicidade
Publicidade