PUBLICIDADE

Barcelona goleia o Chelsea e conquista a Liga dos Campeões Feminina

Equipe catalã venceu o título pela primeira com goleada de 4 a 0 na grande decisão

16 mai 2021 20h04
ver comentários
Publicidade

O time feminino do Barcelona alcançou sua primeira conquista na Liga dos Campeões Feminina, com uma bela vitória por 4 a 0 sobre o Chelsea. A equipe catalã, que havia passado por Manchester City e PSG nas fases anteriores, dominou o jogo diante das equipes inglesas desde o início do jogo em Gotemburgo, na Suécia.

Desde o início mesmo: logo no primeiro ataque do jogo, o Barcelona saiu na frente graças a um gol contra. Fran Kirkby, artilheira do Chelsea, tentou cortar a bola após chute no travessão das adversárias e acabou chutando em cima da companheira Melanie Leupolz. A bola foi no ângulo.

Pouco depois, o Barcelona ampliou em cobrança de pênalti. A capitão do time, Alexia Putellas, não vacilou e colocou o 2 a 0 no placar. Ainda no primeiro tempo, saíram mais dois gols: Aitana Bonmati, aos 20 minutos, e Caroline Hansen aumentou aos 36, após grande jogada de Lieke Martens, eleita a melhor jogadora do mundo pela Fifa em 2017.

Com grande vantagem no placar, o Barcelona passou a apenas administrar o placar até o apito final para poder comemorar o título. Com a taça indo para a Catalunha, não há mais chance de um mesmo time ser campeão masculino e feminino simultaneamente da Liga dos Campeões - o Chelsea também está na final masculina, onde enfrenta o Manchester City.

O elenco do Barcelona conta com apenas uma brasileira, a atacante Giovana Queiroz, de 17 anos, que não foi relacionada para a final. Giovana é considerada uma das promessas para o futuro da seleção e já tem três convocações para a equipe principal do Brasil, mas não está cotada para a Olimpíada.

Três outras jogadoras brasileiras conquistaram anteriormente a Liga dos Campeões; Rosana, com o Lyon, na temporada 2011/12, Cristiane, com o Turbine Potsdam, em 2004/05, e Marta, com o Umea, em 2003/04.

O Barcelona se tornou a oitava equipe a conquistar a Liga dos Campeões. O Lyon é o maior campeão, com sete títulos, seguido pelo FFC Frankfurt, que tem quatro. Umea, da Suécia, Wolfsburg e Turbine Potsdam tem dois. Arsenal e Duisburg, assim como o Barcelona, tem uma conquista cada.

Estadão
Publicidade
Publicidade