PUBLICIDADE

Argentina

Galoppo celebra amizade com Calleri e admite sonho de defender a seleção da Argentina

1 mar 2023 - 16h16
Compartilhar
Exibir comentários

O meia argentino Giuliano Galoppo curte a boa fase vivida no São Paulo neste início de temporada. O jogador mais uma vez foi aos microfones e celebrou seu momento no clube depois de um extenso período de adaptação. Ele também comentou sua proximidade com o compatriota Jonathan Calleri.

Foto: Gazeta Esportiva

Galoppo citou que o companheiro o recebeu de "braços abertos" em sua chegada ao Morumbi. O atleta revelou também uma conversa com o técnico Rogério Ceni, visando ganhar mais minutos dentro de campo, e mira títulos com a camisa tricolor.

"Tenho uma amizade muito boa com o Calleri. Estávamos, até agora que ele teve a lesão, montando um grande ataque. A torcida o ama muito por tudo que fez pelo clube e seria bom poder coroar esse momento de ambos com um título", disse o hermano em entrevista ao Diario Olé.

MAIS:

"Em 2022 eu tive que tive que jogar em outras posições, mais por fora, pelo lado direito. E eu sou um jogador que sempre tenta jogar por dentro. Então, agora que estou atuando atrás do nove, um pouco para a esquerda, me sinto mais confortável, com mais confiança. Graças à Deus as bolas estão entrando como acontecia na Argentina. Estou feliz por isso e querendo continuar marcando gols", declarou.

As pretensões de Galoppo, contudo, não se limitam a conquistas pelo São Paulo. O jogador afirmou que possui um grande sonho de defender a seleção da Argentina, atual campeã mundial, mas admite que, para isso acontecer, deve atuar no maior cenário do futebol: a Europa.

"Eu sempre disse que é o meu sonho jogar na Europa para também ter uma chance na seleção da Argentina. Mas agora estou muito feliz aqui no São Paulo. Sinto-me adaptado e com muita vontade de poder conquistar um título", finalizou.

O meia foi contratado pelo São Paulo em julho do ano passado, junto ao Banfield, da Argentina. O time tricolor concluiu a operação com auxílio da SPFC Play, plataforma de streaming do clube, e de outros patrocinadores não revelados. Segundo veículos argentinos, a transação girou em torno dos US$ 8 milhões (cerca de R$ 42 milhões na cotação atual).

Ao todo, o jogador possui 30 jogos pela equipe, com oito gols marcados e duas assistências. Sete das oito bolas na redes foram guardadas somente em 2023, o que o coroou com a vice-artilharia parcial do Campeonato Paulista, abaixo só de Róger Guedes, do Corinthians.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade