PUBLICIDADE

Fla e Atlético-MG: prejudicados pela arbitragem na rodada

Dois times poderiam ter tido melhor sorte na rodada se não fossem os erros do apito

18 out 2021 07h42
| atualizado às 08h15
ver comentários
Publicidade

Pelas redes sócias, dirigentes de Flamengo e Atlético-MG trocaram acusações nos últimos dias por causa da arbitragem no Brasileiro. Cada lado acusando o adversário de vantagens indevidas na competição. Curiosamente, os dois times foram prejudicados na rodada do fim de semana por erros de arbitragem.

Atlético-MG teve pênalti a seu favor não marcado na derrota para o Atlético-GO por 2 a 1
Foto: Divulgação/Atlético-MG
Atlético-MG teve pênalti a seu favor não marcado na derrota para o Atlético-GO por 2 a 1 Foto: Divulgação/Atlético-MG
Foto: Gazeta Esportiva

O Flamengo deixou dois pontos preciosos no Maracanã, nesse domingo (17), no 0 a 0 com o Cuiabá, e vai lamentar bastante que Flavio Rodrigues de Souza não tenha validado o gol de Michael ainda no primeiro tempo, num lance em que foi marcado impedimento de Matheuzinho – na avaliação de Sandro Meira Ricci, comentarista da TV Globo, a jogada foi legal.

Ainda no Maracanã, a arbitragem ignorou pênalti cometido por Yuri em Vitinho, no segundo tempo. Ali, nem sequer o VAR (árbitro de vídeo) entrou em ação.

Já em Goiânia, o volante Gabriel Baralhas, do Atlético-GO, cortou a bola com o braço dentro da área, num lance ainda no início do jogo com o Atlético-MG. Raphael Claus não viu nada de anormal, mas foi chamado para a cabine do VAR a fim de fazer a revisão do lance.

Em seguida, ele contrariou meio mundo ao manter sua decisão de campo em não dar o pênalti, no momento em que a partida estava empatada por 0 a 0. Na oportunidade, a comentarista da TV Globo, Janete Arcanjo, disse que Claus se equivocou.

Papo de Arena Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. 
Publicidade
Publicidade