PUBLICIDADE

Fla é vaiado no Maracanã depois de 2 anos e meio

Time jogou mal no empate sem gol contra o Cuiabá

18 out 2021 07h33
| atualizado às 08h16
ver comentários
Publicidade

Ao empatar com o Cuiabá (0 a 0) e desperdiçar a oportunidade de se aproximar do Atlético-MG na classificação do Brasileiro, o time do Flamengo deixou o gramado do Maracanã vaiado por parte do público, na noite desse domingo (17). A última vez que isso havia ocorrido no estádio com o Rubro-Negro foi em abril de 2019, quando perdeu para o Peñarol, por 1 a 0, pela Libertadores.

Fla, de Gabigol, decepcionou no empate com o Cuiabá e recebeu vaias da torcida
Fla, de Gabigol, decepcionou no empate com o Cuiabá e recebeu vaias da torcida
Foto: André Fabiano / Estadão

Naquela partida, mais de 60 mil pessoas pagaram ingresso para ver o Flamengo em ação e a frustração se consolidou aos 42 minutos do segundo tempo, no lance do gol do visitante, numa bobeada do lateral Renê. A equipe era dirigida por Abel Braga e já contava com Bruno Henrique e Gabigol no ataque.

Gabigol, aliás, acabou expulso do jogo com o Peñarol por causa de uma falta desleal. Outro motivo de irritação da torcida se deu pela decisão do técnico em não lançar Arrascaeta no decorrer da partida.

Mesmo com o coro dos flamenguistas no Maracanã pedindo a entrada do uruguaio, na etapa final, Abel Braga preferiu substituir Willian Arão por Vitinho e Bruno Henrique por Uribe. Não adiantou nada e o ataque continuou sem produzir.

Já nesse domingo, Renato Gaúcho recebeu algumas cobranças da torcida ao trocar Gabigol por Vitor Gabriel aos 28 minutos do segundo tempo.

Embora o artilheiro do Flamengo não estivesse bem, não se pode negar seu potencial e sua capacidade de definir uma partida num lance isolado – daí as críticas pela mudança. Ao final, um número expressivo do total de mais de 8 mil presentes ao Maracanã vaiou o Rubro-Negro.

Papo de Arena Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. 
Publicidade
Publicidade